Rede de apoio de servidores da Prefeitura faz doação ao projeto Guarda-roupa Compartilhado

Lançado em 2021, o projeto oferece itens de vestuário a pessoas em vulnerabilidade social no Cras Esperança.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Comunicação Social

Projeto Guarda Roupa Compartilhado recebe doações de roupas e calçados

Uma iniciativa de servidores da Secretaria Municipal de Transparência e Controladoria (SMTC), formou uma rede de doações de roupas e calçados usados entregues nesta sexta-feira (22) ao projeto Guarda Roupa Compartilhado, realizado pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Esperança.

De acordo com o secretário Municipal de Controladoria, Gracinildo Nunes, a expectativa é que as outras pastas da Prefeitura de Macapá abracem a causa.

“Queremos levar esta ideia para toda a gestão. É uma iniciativa nobre que com certeza irá ajudar muitas famílias que estão em situação de vulnerabilidade”, disse o secretário.

Mais de 90 famílias já foram beneficiadas com itens de vestuário e calçados. A coordenadora do Cras, Talita Amaral agradeceu pelas doações e ressaltou que o equipamento está de portas abertas para a população contribuir com o projeto.

“Somos gratos a todos os servidores da Controladoria, pelo gesto de altruísmo com os nossos usuários. Lembrando que o Cras faz um chamamento a todos que quiserem desapegar de suas peças que não servem mais. Tragam para o Cras, com certeza servirá em alguém”, enfatizou a coordenadora.

O Cras Esperança funciona de segunda a sexta-feira, das 08h as 14h, e fica localizado na Av. Almirante Barroso, no bairro Santa Rita.

Semas intensifica entrega de cestas básicas para famílias cadastradas no Cras Felicidade

Famílias devem atualizar as informações de contato no cadastro.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

Dona de casa Maria Sacramento, de 54 anos, fez a retirada o benefício

As famílias em vulnerabilidade social que se enquadram nos critérios para receber a cesta básica no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Felicidade já estão sendo chamadas para retirar o benefício a partir desta sexta-feira (21).

A titular da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Patrícia Ferraz afirmou que a equipe está tendo dificuldade no contato com os usuários, e pede que os mesmos estejam com o número de telefone atualizado junto ao Cras.

“Os servidores têm ligado para o telefone usuários e muitos estão desligados ou inexistentes. Diante dessa dificuldade, é importante que estes façam a visita e atualizem as suas informações”, pontuou.

A dona de casa Maria Sacramento, de 54 anos, mora no bairro Beirol e foi retirar o benefício nesta manhã.

“Só tenho a agradecer à prefeitura e a equipe do Cras pelo atendimento excelente que estão oferecendo para a população” elogiou a usuária.

Serviço
O Cras Felicidade fica localizado na Av. Coaraci Nunes, 903, entre as ruas Odilardo Silva e Jovino Dinoá. Para entrar em contato com a equipe, o usuário pode ligar para o número 98129-4047.

Centros de referência reforçam segurança alimentar com distribuição de cestas básicas em Macapá

Alimentos foram adquiridos pelo município com recurso de emenda parlamentar da bancada federal

Por Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

Famílias acolhidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) Igualdade e Simpatia das zonas oeste e sul de Macapá receberam, na terça-feira (18), cestas básicas que vão ajudar na segurança alimentar dos cidadãos em vulnerabilidade social. Os serviços são coordenados pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas).

A agricultora Letícia Almeida, de 42 anos de idade, cultiva uma horta na casa onde mora, no Quilômetro 9. Ela conta que o benefício veio em boa hora, pois atualmente teve que interromper os trabalhos com a chegada das chuvas.

“No momento, a colheita está parada e isso com certeza gera um impacto na renda mensal da minha família. Por isso, essa cesta é mais do que bem-vinda para todos nós”, comemorou Letícia, que faz parte das 30 famílias atendidas pelo Cras Igualdade.

A gestante e moradora do Vale Verde, Jucileia Ramos, de 31 anos, destaca a alta nos preços dos alimentos, fenômeno causado pela inflação, como um dos grandes problemas que impactam na vida das famílias de baixa renda.

“O alimento está muito mais caro e isso recai sobre os mais pobres, que sobrevivem somente com os programas sociais ou que nem com estes estão sendo atendidos. O papel que o Cras desempenha é fundamental para ajudar quem está sofrendo também com essa dificuldade em colocar comida na mesa”, disse a dona de casa atendida pelo Cras Simpatia, que abrange o bairro Fazendinha.

Ao todo, foram distribuídas 80 cestas adquiridas pela Prefeitura de Macapá, com recursos de emendas parlamentares que somam R$ 19,1 milhões. O valor é destinado exclusivamente para o enfrentamento da pandemia com ações de segurança alimentar e outras políticas públicas. As emendas são dos deputados federais Acácio Favacho e Luiz Carlos, e do senador Randolfe Rodrigues.

Auxílio Brasil: Macapá tem 9.819 novos beneficiários do programa; confira a lista

Para mais informações, cidadãos devem checar o app oficial do Auxílio Brasil

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

A Prefeitura de Macapá, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) divulga a nova listagem de cidadãos residentes no município de Macapá que estão aptos a participarem do programa Auxílio Brasil. De acordo com o Sistema de Benefícios ao Cidadão (Sibec), são 9.819 beneficiários aprovados a receberem os valores do programa que substituiu o Bolsa Família. O número soma-se às 33.518 famílias que já recebiam o auxílio na capital amapaense, conforme dados da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc).

Confira a lista

Beneficiários

Os contemplados são famílias com renda de até R$ 210 per capita e que estão regularmente cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal, que é o banco de dados que garante o acesso do cidadão a todo e qualquer programa social de nível federal, estadual e municipal. Desde 2019 o Governo Federal não realizava novas concessões do benefício para o município de Macapá.

O cidadão deve ficar atento ao calendário de pagamento, que é direcionado pelo Número de Identificação Social (NIS) e já inicia no próximo dia 18 de janeiro. O número final do NIS indica a data em que o saque poderá ser feito pelo titular.

App Auxílio Brasil e Caixa Tem

Através do aplicativo Auxílio Brasil, o cidadão poderá checar todas as informações sobre o benefício. O app está disponível em todas as plataformas digitais.

Especialmente para os novos beneficiários que não têm cartão físico, através do app Caixa Tem também é possível fazer diversas transações bancárias e realizar o saque sem cartão.

Famílias são beneficiadas com cestas básicas no Cras União

Acolhimento social garante o alimento para as famílias mais vulneráveis.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

“Com o desemprego em alta e o preço dos alimentos muito caros, essa é uma ajuda importante para muitas famílias que precisam se manter”, disse a dona de casa Samaritana Cardoso, de 41 anos. Ela recebeu a cesta básica fornecida pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) União, que atendeu 46 famílias em situação de vulnerabilidade social nesta sexta-feira (14) com o benefício eventual.

Os pedidos foram feitos no segundo semestre de 2021. De acordo com o coordenador do equipamento, Josinei Nunes, na próxima semana outras famílias que moram na área de abrangência do Cras deverão comparecer ao local para retirar a cesta. Ele também ressalta os critérios para que a família seja atendida com o benefício.

“Todos os dias recebemos solicitações de benefícios eventuais aqui no Cras. É o estudo social que indica a vulnerabilidade daquela família que realmente precisa do item. Dessa forma estamos trabalhando para que todos sejam atendidos e a garantia de direitos seja efetivada”, disse o coordenador.

Famílias recebem cestas básicas nos Centros de Referência Amor e Alegria

Ações ocorrem durante a semana nos Cras de Macapá. Mais de 300 benefícios já foram entregues.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

A Prefeitura de Macapá, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), segue com as programações para entrega de benefícios eventuais nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Nesta quinta-feira (13) e na quarta-feira (12), os usuários dos Cras Amor e Alegria puderam levar para casa a cesta repleta de alimentos não perecíveis.

“O Cras é um serviço muito importante para milhares de famílias, como a minha. Receber esta cesta hoje é uma ajuda e tanto para o cidadão que precisa desse apoio”, contou o usuário Fernando Pereira, de 54 anos, que é deficiente físico e beneficiário do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Somente nesta manhã, 70 cestas foram entregues para os usuários do Cras Amor, que fica localizado no bairro Pacoval e abrange toda a zona norte de Macapá.

Na quarta-feira (12), os usuários do Cras Alegria compareceram ao Complexo Macapá Criança para receber o benefício. Ao todo foram 130 cestas fornecidas na ação, a maior demanda de beneficiados dentre todos os eventos.

A dona de casa Benedita Pinto de Oliveira, de 49 anos, mora no bairro das Pedrinhas e relata que a cesta básica vai ajudar a suprir as necessidades da família, que atualmente está desempregada.

“No momento, estar sem trabalho é bastante difícil. De onde tira o alimento de cada dia? Então ganhar a cesta está sendo muito importante pra nós. Até tudo se ajeitar é um apoio imenso pra minha família. Sou muito grata pelo trabalho da Prefeitura”, contou a dona de casa.

Nesta sexta-feira (14), o Cras União será o próximo equipamento a entregar os alimentos. A estimativa de atendimento é para mais de cem famílias residentes no bairro Perpétuo Socorro e afins.

Famílias recebem cestas básicas no Cras Esperança

100 cestas de alimentos deverão ser entregues durante a semana no centro.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

Nesta terça-feira (11), o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Esperança, que abrange bairros da zona sul de Macapá, realizou uma ação para entrega de cestas básicas a usuários em vulnerabilidade social.

Trinta cestas foram fornecidas nesta terça-feira e durante a semana, mais ações serão feitas para distribuir o quantitativo de 100 benefícios. Os atendimentos suprem as solicitações feitas pelas famílias no segundo semestre de 2021.

“Neste momento a equipe atenderá aos pedidos feitos até dezembro do ano passado. São pessoas que fizeram o acolhimento conosco em 2021 e já esperavam para receber o benefício”, explica coordenadora do Cras, Talita Amaral.

Para a usuária Olinda Vales da Costa, de 48 anos, que cuida de uma pessoa com deficiência na família, ganhar a cesta representa uma grande ajuda para todos.

“Com certeza receber este benefício ajudará toda a minha família, que também conta com uma pessoa especial. Agradeço à Prefeitura pela sensibilidade em atender a nós”, disse.

Projetos incentivam o hábito da leitura e a solidariedade entre os usuários do Cras Esperança

Livros e roupas podem ser retirados e também doados pelos usuários.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

“Eu já assisti ao filme, mas tenho curiosidade de ler o livro Extraordinário, porque dizem que a versão do livro é melhor”, conta a usuária Meriam Célia, de 44 anos, que costuma visitar com frequência o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Esperança. Ela, que é fã de leitura, aproveitou para levar para casa um dos livros do projeto ‘Troca Literária’, que tem o objetivo de incentivar o hábito da leitura entre os usuários do equipamento.

O psicólogo do Cras, Aleson Hernan, foi quem idealizou o projeto. Juntou livros de diversos gêneros e deixou expostos na estante, para que o usuário possa ler no espaço, levar para casa e também doar novos livros.

“Este projeto singelo é uma maneira do Cras intervir na vida do usuário de uma forma diferente, incentivando a leitura entre eles. Muitos já aderiram e a expectativa é que mais pessoas se interessem”, disse o psicólogo.

Para Meriam, a iniciativa foi mais do que importante. “A partir da leitura conseguimos nos expressar melhor, ter um desenvolvimento melhor da capacidade mental e uma visão de mundo mais ponderada” contou.

Guarda-roupa compartilhado
Não é somente a troca de livros que tem o potencial de gerar um vínculo a mais com o usuário do Cras Esperança. Em 2021 o centro também colocou em prática o projeto ‘Guarda-Roupa Compartilhado’, onde o usuário em vulnerabilidade social pode retirar peças de roupas para uso próprio e também doar para outros retirarem.

“Em três meses de projeto, mais de 90 usuários em vulnerabilidade social puderam pegar roupas para usar. Tanto a troca de livros, quanto o guarda-roupa são iniciativas que vão além da política de assistência social e pretendem mostrar que a solidariedade pode ser praticada a todo momento”, conclui a coordenadora do Cras, Talita Amaral.

Para o cidadão que deseja fazer doação de roupas e livros, o Cras Esperança funciona no horário das 08h às 14h, de segunda a sexta-feira.

Segurança Alimentar: cartão Auxílio Alimentação assistiu 390 famílias do Bailique em 2021

Programa movimenta a economia e garante comida na mesa da população ribeirinha.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

O Cartão Auxílio Alimentação é uma política de segurança alimentar executada pela Prefeitura de Macapá com recurso de emenda parlamentar no valor de R$ 19,1 milhões, alocada pelos deputados Acácio Favacho, Luiz Carlos e senador Randolfe Rodrigues. No arquipélago do Bailique e outros distritos de Macapá, o cartão com o saldo de R$ 300 tem sido um sustento necessário para centenas de famílias neste ano de 2021.

Somente nas comunidades do Bailique, o benefício chegou a 390 famílias em vulnerabilidade social. Para a dona de casa Juliana Machado Lopes, de 21 anos, que mora na comunidade Livramento, o benefício foi mais do que útil nas despesas com o filho de um ano de idade.

“Tenho um filho pequeno e com o cartão eu pude comprar alimento para ele. É um benefício que me ajudou bastante, por isso agradecemos à prefeitura por este cartão que ajuda aos que realmente precisam”, disse a dona de casa.

Neste fim de ano, um novo lote com 146 cartões deverá ser entregue na viagem da comitiva que irá inaugurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Progresso. Todas as informações sobre a entrega o cidadão poderá acompanhar em breve no site da Prefeitura de Macapá.

Cras União realiza programação de Natal voltada para a família

Evento marcou o último encontro de mães e filhos que participam do Programa de Atenção Integral à Família em 2021.

Por Vithória Barreto - Secretaria Municipal de Assistência Social

Na manhã desta quinta-feira (16), mães e filhos que são usuários do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) União participaram de uma programação especial de Natal, evento que marcou o encerramento das atividades do Programa de Atenção Integral à Família (Paif) em 2021.

O momento teve apresentações de mágica, brincadeiras, música ao vivo e distribuição de brindes. De acordo com o coordenador do centro, Josinei Nunes, as mães e filhos presentes na programação fizeram parte das atividades do Paif de forma assídua neste ano.

“São 14 mães que estiveram nesta temporada conosco, participando de todas as atividades de fortalecimento de vínculos e trazendo seus filhos. Hoje encerramos este ciclo muito satisfeito com a adesão do público ao serviço do Cras”, disse o coordenador.

Para Maria Jaciara, de 31 anos, mãe da pequena Maria Eduarda, a temporada que participou dos encontros foi ótima para aquecer os laços afetivos entre mãe e filha.

“Minha filha adora estar aqui e esse momento está sendo mais do que especial, não só para mim, mas para as outras mães que estão aqui. Sou grata à equipe do Cras pelo atendimento contínuo e espero continuar frequentando no ano que vem”, contou a jovem.