Nota de esclarecimento- Prefeitura informa sobre diligência da Polícia Federal e Ministério Público Federal

A Prefeitura de Macapá esclarece que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal estiveram em diligência nesta quarta-feira, 8, na Secretaria Municipal de Saúde e nas Unidades Básicas de Saúde Lélio Silva e Álvaro Corrêa.  As equipes estiveram apenas nas farmácias destas UBS’s para ter conhecimento de um lote específico de medicamentos, a ivermectina. Foram ainda ao prédio administrativo da Saúde, onde foi requerido e entregue o processo de pagamento dessa medicação.

Desde já, o Município de Macapá reitera que está integralmente à disposição e tem total interesse em colaborar com qualquer investigação ou denúncia, a fim de que – o mais rápido possível -, todos os fatos sejam devidamente esclarecidos.

A Prefeitura de Macapá informa que o processo requerido pela Polícia Federal está disponível para acesso por toda a população no Portal da Transparência, no link https://macapa.ap.gov.br/coronavirus/transparencia/,e que já fez contato com os órgãos de controle externo e está acompanhando tudo de perto para colaborar no que for necessário e tomar todas as providências.

O Município de Macapá tem agido com total transparência, e isso permitiu alcançar a 3° melhor colocação no ranking da Transparência Internacional Brasil de contratações emergenciais no combate à Covid-19, no dia 29 de junho de 2020, realizado pela ONG Transparência Internacional entre as capitais brasileiras. Com 93,6 pontos, o portal da Prefeitura de Macapá foi classificado como ótimo (https://transparenciainternacional.org.br/ranking/). Esse ranking foi criado para avaliar a qualidade dos dados e informações sobre os contratos emergenciais em combate ao novo Coronavírus, que têm sido publicados em seus portais oficiais.

Prefeitura Municipal de Macapá

Macapá registra 13.398 casos confirmados de Covid-19 e 285 óbitos

O Município de Macapá tem 13.398 casos positivos de Covid-19, 285 óbitos confirmados e 109 em investigação epidemiológica. Os dados foram atualizados nesta quarta-feira, 8 de julho. O Município tem agora 11.386 casos descartados, 9.804 pessoas recuperadas e 3.015 exames aguardam análise laboratorial de pacientes suspeitos.

A Vigilância Epidemiológica de Macapá concluiu as investigações de quatro óbitos: de uma mulher de 46 anos, em 28/06/20 no Hospital Universitário, comorbidades hipertensão arterial e diabetes mellitus; homem de 85 anos, óbito em 08/06/20 em hospital particular, comorbidades cardiopatia hipertensiva e hipertensão arterial; homem de 84 anos, ocorrido em 19/06/20 no Hospital Universitário, sem informações de comorbidades; e de um homem de 58 anos, em 19/06/20 no Centro Covid 4, comorbidade câncer de pulmão avançado.

Quando devo procurar uma UBS

A população pode buscar os serviços nas UBS’s Lélio Silva, Álvaro Corrêa e Marabaixo quando apresentar os sintomas iniciais do vírus, como febre, tosse, dor de garganta e coriza e dificuldade respiratória para receber uma avaliação. Se após o procedimento o profissional entender que o quadro se encaixa em uma suspeita, ele realizará os procedimentos previstos no fluxograma de atendimento adotado pela Saúde municipal.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Cássia Lima

Assessora de comunicação

Covid-19: unidades de referência registram 794 consultas nesta terça-feira, 7

As UBS’s Lélio Silva, Marabaixo, Álvaro Corrêa e a Unidade Básica Santa Inês, que são referência no atendimento de casos suspeitos de Covid-19 em Macapá, registraram nesta terça-feira, 7 de julho, 794 atendimentos de consultas a pacientes com sintomas da síndrome respiratória. Em 24 horas, foram prescritas 668 receitas e a realização de 295 testes rápidos.

A UBS Lélio Silva contabilizou 217 pacientes consultados e a entrega de 211 kits de medicamentos. A unidade Álvaro Corrêa, na zona norte, atendeu 219 pessoas, dos quais 198 receberam a prescrição para o início do tratamento e saíram do local com kits de medicamentos.

Na UBS Marabaixo, foram atendidos 109 pacientes; na unidade Santa Inês, 170 pessoas procuraram assistência médica com sintomas da síndrome gripal, e na Carreta da Saúde, que está no distrito de Fazendinha, 79 pessoas procuraram atendimento.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Karla Marques

Assessora de comunicação

Carreta da Saúde da Prefeitura de Macapá chega ao distrito da Fazendinha

A Carreta da Saúde da Prefeitura de Macapá, que tem feito atendimento itinerante de pacientes sintomáticos respiratórios nos distritos do município, chegou nesta terça-feira, 7, ao distrito da Fazendinha, onde faz consultas médicas de avaliação, testes rápidos e dispensação de kits de medicamentos. Ela está em frente à Escola Cacilda Ferreira Vasconcelos e funciona das 8h às 17h.

O aposentado Rosildo Barros Monteiro foi um dos primeiros atendidos. Para ele, a carreta ajuda na comodidade de quem já é idoso e tem dificuldades de locomoção. “Eu amei o espaço e atendimento, porque moro aqui perto onde está a carreta, mas longe da unidade de saúde da comunidade. Fui bem atendido e, graças a Deus, estou bem”, disse.

Durante a manhã, 40 pacientes foram consultados e 37 saíram da unidade de saúde com a prescrição para o início do tratamento. “Os serviços realizados pela carreta possibilitam que o Município tenha maior controle sobre a situação epidemiológica em nossos distritos e localidades mais distantes. Ela é um mecanismo importante para que a gente consiga medir o nível de infecção por Coronavírus nessas comunidades de Macapá e dar início aos procedimentos o mais rápido possível, para que os casos não venham a se agravar”, explicou a coordenadora do Comitê de Enfrentamento da Covid-19, Silvana Vedovelli.

As ações itinerantes nos distritos evitam com que o usuário venha até a capital em busca de atendimento, fazendo com que haja uma quebra no ciclo de transmissão da doença e o tratamento precoce de casos positivos. Desde o início dos atendimentos nos distritos, a Carreta da Saúde já atendeu pacientes nas comunidades do Curiaú, Ressaca da Pedreira, Abacate da Pedreira, Santo Antônio da Pedreira, Curralinho, Ilha Redonda, Coração e agora da Fazendinha.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Karla Marques

Assessora de comunicação

Covid-19: unidades de referência registram 714 consultas nesta segunda-feira, 6

As UBS’s Lélio Silva, Marabaixo, Álvaro Corrêa, Unidade Básica Santa Inês, que são referência no atendimento de casos suspeitos de Covid-19 em Macapá, registraram nesta segunda-feira, 6 de julho, 714 atendimentos de consultas a pacientes com sintomas da síndrome respiratória. Em 24 horas, foram prescritas 535 receitas e a realização de 233 testes rápidos.

A UBS Lélio Silva contabilizou 193 pacientes consultados e a entrega de 213 kits de medicamentos. A unidade Álvaro Corrêa, na zona norte, atendeu 233 pessoas, dos quais 178 receberam a prescrição para o início do tratamento e saíram do local com kits de medicamentos.

Na UBS Marabaixo, foram atendidos 112 pacientes; e na unidade Santa Inês, 176 pessoas procuraram assistência médica com sintomas da síndrome gripal. Em todas as unidades de referência, pacientes com prescrição para o início do tratamento receberam kits de medicamentos. Nesta segunda, foram entregues à população 2.300 comprimidos de azitromicina e 1.840 de ivermectina.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Karla Marques

Assessora de comunicação

Macapá registra 13.355 casos confirmados de Covid-19 e 281 óbitos

O Município de Macapá tem 13.355 casos positivos de Covid-19, 281 óbitos confirmados e 109 em investigação epidemiológica. Os dados foram atualizados nesta terça-feira, 7 de julho. O Município tem agora 11.386 casos descartados, 9.529 pessoas recuperadas e 3.005 exames aguardam análise laboratorial de pacientes suspeitos.

A Vigilância Epidemiológica de Macapá concluiu as investigações de cinco óbitos: de um homem de 81 anos, ocorrido na UBS Lélio Silva dia 03/06/2020, tinha como comorbidades hipertensão arterial, obesidade e cardiopatia; mulher de 79 anos, no Hospital Universitário dia 28/06/2020, sem registro de comorbidade; mulher de 18 anos, óbito ocorrido em hospital particular, sem registro de comorbidade; homem de 90 anos, ocorrido em domicílio dia 16/05/2020, tinha como comorbidades hipertensão e diabetes mellitus; e de uma mulher de 26 anos, óbito ocorrido no Hospital Universitário dia 26/06/2020, sem registro de comorbidades.

Quando devo procurar uma UBS

A população pode buscar os serviços nas UBS’s Lélio Silva, Álvaro Corrêa e Marabaixo quando apresentar os sintomas iniciais do vírus, como febre, tosse, dor de garganta e coriza e dificuldade respiratória para receber uma avaliação. Se após o procedimento o profissional entender que o quadro se encaixa em uma suspeita, ele realizará os procedimentos previstos no fluxograma de atendimento adotado pela Saúde municipal.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Cássia Lima

Assessora de comunicação

Coronavírus: Prefeitura de Macapá altera expediente de call center após redução de denúncias

A partir desta segunda-feira, 6, a Central de Atendimento, criada pela Prefeitura de Macapá para tratar de assuntos relacionados ao novo Coronavírus, atenderá com expediente reduzido. Funcionará de segunda a domingo e feriados, pelos turnos da tarde, das 13h às 19h; e da noite, das 18h à meia-noite. Essa alteração no expediente foi definida após a redução de denúncias.

Inicialmente, o call center recebia em média 500 chamadas semanais. A partir do isolamento social mais rígido (medida adotada pelo Município para conter o avanço da doença), os números começaram a despencar. Pela manhã, caíram consideravelmente, passando de 17/18 para 2/3 ocorrências semanais, o que torna hoje desnecessário o atendimento nesse turno.

Maioria das denúncias recebidas tratava de desrespeito às recomendações para o distanciamento social, do horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais e aglomerações de pessoas em via pública. O monitoramento dos dados do Disk Denúncia é essencial para o Município planejar outras ações e medidas de combate à pandemia. Em particular, a análise permite acompanhar quais os principais problemas relatados, em que locais mais se desrespeita as medidas e como o cumprimento delas tem variado nas últimas semanas.

“Aglomeração continua sendo a maior demanda. Em segundo lugar, está o fechamento de algumas lojas no centro comercial, e, em terceiro, o fechamento de bares, que continuam funcionando em horário não permitido. Em junho, com as festas juninas, tivemos muitas denúncias relacionadas a festejos em residências, o que não é permitido. Entretanto, nossa fiscalização está ativa e atendendo a todas as demandas com sucesso, para combater as aglomerações e o avanço da Covid-19 em Macapá”, disse a coordenadora do Disk Denúncia, Naldima Flexa.

As denúncias estão sendo recebidas por meio dos números 98813-9001 98813-9002 / 98813-9003 98813-9004 98813-9005. As ligações são encaminhadas às equipes de fiscalização, que estão distribuídas em diversos bairros da capital.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Mônica Silva

Assessora de comunicação

Prefeitura fiscaliza balneários para evitar aglomeração e contágio de Covid-19 em Macapá

No último domingo, 5, a Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá, em conjunto com a Guarda Civil Municipal e Polícia Militar do Amapá, colocou em prática a operação “Saturação Balneários” na região da rodovia AP-70, município de Macapá. A fiscalização teve o objetivo de fazer valer o cumprimento dos decretos municipais 2.533 e 2.051/2020.

Evitar aglomerações, eventos privados e verificar o cumprimento do rodízio de placas foram alguns dos trabalhos desenvolvidos pelos órgãos, que atuaram dentro dos balneários e barreiras de trânsito na rodovia AP-70. “A cada decreto, reforçamos este trabalho nos balneários dos distritos da capital. Estivemos na região para orientar frequentadores a não se aglomerarem naqueles pontos”, informou Manoel Filho, diretor de Trânsito da CTMac.

As equipes fiscalizaram os balneários localizados na região do Curiaú, Alegre, Pedreira, Lontra da Pedreira e Areal. “Estamos montando barreiras fixas para o cumprimento do rodízio de placas do Decreto 2.051 e orientar condutores para que retornem ao local de origem, caso não seja necessário o fluxo do mesmo naquela via”, explicou Manoel Filho.

Segundo o diretor de Trânsito, as barreiras fixas e fiscalizações nos balneários ocorrerão toda semana até o período final de validação dos decretos municipais. “Pedimos aos munícipes que evitem a aglomeração de pessoas nestes locais, pois a permanência neles está proibida. A proliferação do vírus ainda existe e a exposição desnecessária é o maior fator de contágio. Recomendamos que, aos que puderem, fiquem em casa”, salientou.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Clauriana Costa

Assessora de comunicação

Macapá registra 13.308 casos confirmados de Covid-19 e 276 óbitos

O Município de Macapá tem 13.308 casos positivos de Covid-19, 276 óbitos confirmados e 109 em investigação epidemiológica. Os dados foram atualizados nesta segunda-feira, 6 de julho. O Município tem agora 11.385 casos descartados, 8.980 pessoas recuperadas e 3.037 exames aguardam análise laboratorial de pacientes suspeitos.

A Vigilância Epidemiológica de Macapá concluiu as investigações de quatro óbitos: de um homem de 64 anos, em 28/06/20 no Hospital Universitário, sem informações de comorbidades; homem de 85 anos, óbito em 04/06/20 na UBS Álvaro Corrêa, comorbidade de diabetes mellitus; mulher de 60 anos, ocorrido em 20/05/20 na UBS Lélio Silva, sem informações de comorbidades; e de um homem de 80 anos, óbito ocorrido em domicílio dia 18/05/2020, tinha como comorbidade hipertensão arterial.

Quando devo procurar uma UBS

A população pode buscar os serviços nas UBS’s Lélio Silva, Álvaro Corrêa e Marabaixo quando apresentar os sintomas iniciais do vírus, como febre, tosse, dor de garganta e coriza e dificuldade respiratória para receber uma avaliação. Se após o procedimento o profissional entender que o quadro se encaixa em uma suspeita, ele realizará os procedimentos previstos no fluxograma de atendimento adotado pela Saúde municipal.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Cássia Lima

Assessora de comunicação

Covid-19: unidades de referência registram 403 consultas nas últimas 24 horas

As UBS’s Lélio Silva, Marabaixo, Álvaro Corrêa, Unidade Básica Santa Inês, que são referência no atendimento de casos suspeitos de Covid-19 em Macapá, registraram durante o domingo, 5 de julho, 403 atendimentos de consultas a pacientes com sintomas da síndrome respiratória. Em 24 horas, foram prescritas 267 receitas e a realização de 168 testes rápidos.

A UBS Lélio Silva contabilizou 117 pacientes consultados e a entrega de 89 kits de medicamentos. A unidade Álvaro Corrêa, na zona norte, atendeu 114 pessoas, dos quais 94 receberam a prescrição para o início do tratamento e saíram do local com kits de medicamentos.

Na UBS Marabaixo, foram atendidos 66 pacientes; e na unidade Santa Inês, 106 pessoas procuraram assistência médica com sintomas da síndrome gripal. Em todas as unidades de referência, pacientes com prescrição para o início do tratamento receberam kits de medicamentos. Neste domingo, foram entregues à população 1.100 comprimidos de azitromicina e 880 de ivermectina.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Karla Marques

Assessora de comunicação