“Tudo fica lindo quando os verdinhos passam por aqui”, diz moradora do Açucena 

Com apoio do 'Descarta Treco', os serviços iniciaram neste sábado (19), com retirada de entulhos e lixeiras irregulares.

Por Alexandra Gomes - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Equipe de limpeza no Residencial Jardim Açucena I Foto: Rogério Lameira/PMM

A Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana, deu início a mais uma etapa do projeto Mutirão de Limpeza nos conjuntos habitacionais de Macapá. Neste sábado (19), os serviços começaram pelo Residencial Jardim Açucena, localizado no bairro Buritizal. 

Além de deixar a cidade mais limpa e organizada, a equipe de limpeza dos verdinhos já conquistou a população, como afirma a dona Maria Elda, de 66 anos, moradora do residencial. “Tudo fica lindo quando os verdinhos passam por aqui. É uma alegria quando chegam para fazer a limpeza. Aqui nós fazemos a nossa parte em manter o local limpo, seria importante que todos os moradores colaborassem também. A limpeza deixa o ambiente bonito e agradável, até as plantas ‘agradecem’,” enalteceu a moradora.

O mutirão conta com dez equipes integradas por 100 agentes, atuando em 8 frentes de trabalho, com capina mecanizada e manual, varrição, retirada de entulho e lixeira viciada. Conta também com o apoio do ‘Descarta Treco’ – projeto que ajuda na remoção de materiais que precisam do descarte adequado, afim de evitar acúmulo de lixo.

O coordenador geral do ‘Descarta Treco’ da Zeladoria Urbana, Lucas Nery, informou que mais 4 caminhões caçambas, 2 retroescavadeiras, 1 pá carregadeira e 18 roçadeiras foram utilizados para ajudar na ação.

“A prefeitura está trabalhando de forma intensa para que a cidade fique limpa. Nós, inclusive, pedimos que os moradores nos ajudem, evitando jogar lixo e entulho em vias públicas”, ressaltou o coordenador.  

A iniciativa também é uma estratégia para diminuir os impactos ambientais, sensibilizar os moradores do local sobre o perigo do acúmulo de lixo, principalmente, com a chegada do período invernoso, e assim evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue, zika e chikungunya.

“Fico extremamente feliz em ver que o serviço funciona de forma eficaz” reforça dona de casa ao receber equipe da primeira ação de ‘Treco Zero’

Dona de casa foi uma das munícipes que recebeu a equipe da ação do ‘Descarta Treco’.

Por Karina Lins - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Munícipe realizou primeiro contato e logo depois foi atendida| Foto: Lennon VIlhena/ PMM.

Durante esta sexta-feira (18), a Prefeitura de Macapá em apoio da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana, iníciou a ação “Treco Zero”. Visando o atendimento imediato de mensagens recebidas para o descarte de eletrodomésticos, eletrônicos e móveis em geral, a primeira a ação foi concentrada na zona norte da capital, otimizando tempo com viagens e recolhendo com maior rapidez os descartes dos munícipes.

A dona de casa Alessandra Silva, que realizou seu primeiro contato com o número do ‘Descarta Treco’, relata sua experiência com o atendimento presencial do projeto.

“Eles me responderam imediatamente, em menos de uma semana todo o processo de agendamento e recolhimento já tinha sido concluído, hoje a equipe chegou e recolheu o meu descarte que não tinha para onde eu mandar, isso além de contribuir com a natureza, ajudo também a manter a nossa capital limpa e digna de moradia” relata a munícipe.

Segundo o coordenador geral do ‘Descarta Treco’, Lucas Nery, a ação que visa diminuir e normalizar a fila de atendimentos, atenderá em outros pontos relevantes da cidade.

“A zeladoria urbana sempre mantém esse olhar para o munícipe. O “Treco Zero” chegou para diminuir a fila do atendimento. A população de cada zona da capital perceberá que o descarte de utensílios podem gerar impactos positivos no nosso dia a dia”, reforça o coordenador.

 Bairros como, Morada das Palmeiras, Brasil Novo, Macapaba, Jesus de Nazaré, Laguinho, Pacoval, Pantanal, Renascer, Jardim 1, Novo Horizonte e Ipê foram atendidos com a primeira ação

veja fotos da ação ‘Treco Zero’ da Zeladoria Urbana

Mutirão de limpeza reúne 40 ‘verdinhos’ da Prefeitura de Macapá na Rodovia Josmar Chaves Pinto

Serviços de manutenção geral foram intensificados na pista durante esta quinta-feira (20).

Por Karina Lins - Secretária Municipal de Zeladoria Urbana

Equipe de “verdinhos” trabalham em mutirão da Zeladoria Urbana | Foto: Arquivo/PMM

A Rodovia Josmar Chaves Pinto (antiga Rodovia JK) recebeu, ao longo desta quinta-feira (20), um mutirão de limpeza e manutenção. Os serviços foram realizados por 40 “verdinhos” da Prefeitura de Macapá e incluíram capina manual e mecanizada, raspagem, varrição, desobstrução de valas e pintura de meio-fio.

O trabalho foi coordenado pela Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana e contou com o apoio de contêineres e máquinas para a retirada de lixo. O objetivo principal da ação foi deixar a pista mais visível e organizada, trazendo mais segurança e conforto para quem trafega por ela.

“Essa rodovia passa por locais extremamente importantes e relevantes da nossa capital. Um dos nossos pontos turísticos que mais temos orgulho, como o Marco Zero da Linha do Equador, assim como nosso Estádio Zerão é cortado por ela também. O serviço é mais um impulso para deixar nossos locais hospitaleiros e prontos para receber munícipes e turistas”, reforça o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Helson de Freitas.

A limpeza das vias está sendo realizada de acordo com um novo cronograma montado pela pasta, visando intensificar a limpeza de vias principais e adjacentes de Macapá.

Zeladoria Urbana segue cronograma de limpeza em Macapá | Foto: Arquivo/ PMM

Em cinco meses, Central do Descarta Treco atendeu 749 solicitações em Macapá

Serviço recolhe itens em desuso e que seriam descartados em vias públicas

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Descarta Treco ajuda a diminuir lixo irregular nas vias e canais | Foto: Mônica Silva/PMM

A Prefeitura de Macapá atendeu 749 solicitações da Central do Descarta Treco, durante cinco meses de funcionamento. O serviço gratuito recolhe sofás, colchões, armários, eletrodomésticos, eletroeletrônicos sem uso e demais artigos recicláveis, que seriam descartados de forma irregular nas vias públicas.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana, em abril, quando o serviço foi implantado, 231 registros foram gerados, desse total, 181 receberam atendimento. No mês seguinte, houve 200 solicitações com 129 recolhimentos.

Já em junho, os números subiram, no qual 223 pessoas solicitaram o serviço. Desse total, 143 receberam o caminhão da Central. Em julho, houve o registro de 129 pedidos, 100 foram atendidos. Em agosto, até o momento, houve o agendamento de 232 solicitações, 196 foram atendidas, com 84% das demandas concluídas.

“Vale lembrar que entulhos, resíduos de construção e materiais de poda de árvores não são recolhidos pela Central do Descarta Treco, ou coleta seletiva, nem pelas unidades de serviço”, explicou o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick.

A média mensal é de 250 móveis e objetos recolhidos. O serviço programa cerca de 10 a 14 visitas por dia. As solicitações ocorrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h e aos sábados, das 8h às 12h. O atendimento é realizado por agendamento, no telefone (96) 98125-1151 (somente via WhatsApp).

Central do Descarta Treco
A iniciativa é gratuita, coordenada pela Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana, com objetivo impedir que materiais inservíveis como móveis velhos, eletrodomésticos quebrados, pedaços de madeira e metal, sejam depositados em locais inadequados.

O caminhão do Descarta Treco atua em dias da semana alternado (segundas, quartas e sextas-feiras) e atende os bairros da zona sul e leste. Já nas terças e quintas-feiras, além dos sábados, é a vez das zonas norte e oeste da capital.

Prefeitura de Macapá inicia 6ª ação de limpeza no bairro Coração em 2022

Roçagem, capina, raspagem, pintura de meio fio e poda de árvores estão entre os serviços executados na região.

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Prefeitura de Macapá realiza limpeza das vias no bairro Coração, zona oeste de Macapá | Foto: Zeladoria Urbana/PMM

A Prefeitura de Macapá iniciou, nesta quarta-feira (31), mais uma ação de limpeza no bairro Coração, zona oeste da capital. Esta é a 6ª vez neste ano que o local recebe os serviços de roçagem, capina, raspagem, pintura de meio fio, poda de árvores e retirada de entulhos das vias, praça e entorno da Unidade Básica de Saúde local.

O trabalho é executado pela Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana, por meio de 30 trabalhadores distribuídos em seis equipes. Além disso, a pasta também está fazendo um trabalho de educação ambiental junto aos moradores, com o objetivo de conscientizar e informar a população sobre as consequências de um descarte irregular de lixo, bem como explicar os serviços prestados pelo Município.

“A população é nossa aliada para manter a cidade limpa e organizada. Esse canal direto com os munícipes tem nos ajudado muito porque a própria comunidade tem se encarregado de monitorar e denunciar quem suja”, diz o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick

De acordo com a Zeladoria Urbana, o lixo proveniente da limpeza capina de quintais e áreas particulares é de total responsabilidade do proprietário, que deve contratar uma empresa para a retirada do entulho, pois o Município não realiza esse serviço.

A população pode ajudar a combater o descarte irregular repassando informações para o disque denúncia pelo número (96) 99970-1078 ou presencialmente no prédio da Zeladoria, localizado na Avenida Maria Quitéria, nº 317, bairro Trem, na Zona Sul de Macapá.

A pessoa autuada como responsável por contribuir com lixeiras públicas ou despejo de qualquer tipo de resíduo em via pública tem o prazo de 48 horas para fazer a retirada do material.

Serviços de limpeza e desobstrução avançam no canal do bairro Perpétuo Socorro, em Macapá

Trabalho contempla a retirada da lama, lixo, galhos, entre outros.

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Equipes retirada de lama, entulhos e vegetação do leito das áreas de entorno | Foto: Zeladoria Urbana/PMM

A Prefeitura de Macapá mantém em ritmo acelerado os serviços de limpeza e desobstrução no canal do bairro Perpétuo Socorro, zona norte da cidade. Equipes da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana, fazem a retirada de lama, entulhos e vegetação do leito das áreas de entorno, roçagem mecanizada, capina manual e de lixeiras recorrentes.

O serviço de manutenção e limpeza também recebe o auxílio de uma retroescavadeira, quatro caçambas e duas pás carregadeiras. Os trabalhos devem ser concluídos no final de agosto. O canal do bairro Perpétuo Socorro tem 930 metros e corta as avenidas Ana Nery, José Tupinambá, Rio Xingu, Rio Javari, Rio Japurá e rua Oscar Santos.

O objetivo da ação, além de manter o ambiente limpo, é também aumentar a vazão das águas e evitar alagamentos no período chuvoso. Durante os serviços, os trabalhadores têm tirado material descartado de forma irregular como, restos de animais, lixo doméstico, mato, carcaças e outros objetos.

Serviço recebe o auxílio de uma retroescavadeira, quatro caçambas e duas pás carregadeiras | Foto: Zeladoria Urbana/PMM

De acordo com o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick Farias, as frentes de trabalho são permanentes, mas alguns pontos recebem reforço, como no canal do Perpétuo Socorro.

“Nós, enquanto poder público, estamos fazendo a nossa parte, mas manter a cidade limpa e organizada é dever e responsabilidade de todos, por isso peço que as pessoas que não joguem lixo no canal”, solicita.

Além da limpeza dos canais, a Zeladoria Urbana realiza diversas atividades de harmonização dos bairros, como varrição e limpeza de vias e logradouros, capina e corte de grama, pintura de meio fio, poda de árvores e retirada dos focos de lixo.

Para denunciar o descarte incorreto de lixo em vias públicas, nas bordas ou nos leitos dos canais, mato alto e formação de lixeiras recorrentes, a população pode acionar a Zeladoria Urbana. O crime pode ser denunciado no prédio da secretaria localizado na Avenida Maria Quitéria, nº 317, bairro Trem, na zona sul de Macapá.

Macapá Verão 2022: trabalho contínuo garante balneários limpos após eventos

Trabalho é realizado diariamente pela Prefeitura de Macapá.

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Trabalhadores da Zeladoria Urbana durante limpeza no balneário da Fazendinha, após programação de domingo | Foto: Zeladoria Urbana/PMM

Para garantir que os balneários e outros espaços com programações do Macapá Verão 2022 permaneçam sempre limpos, a Prefeitura programou para que os serviços de manutenção sejam realizados continuamente. Dessa forma, a Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana montou um cronograma exclusivo de limpeza para o balneário da Fazendinha, onde acontecem grande parte dos eventos.

Os serviços de limpeza e varrição são realizados diariamente e começam logo após o término dos eventos. O secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick Farias, diz que ao longo do espaço foram instaladas lixeiras para que o público não jogue lixo nas vias ou dentro do rio.

“Fizemos nossa parte e estamos incentivando o descarte correto. Nesse primeiro fim de semana de programação, observamos que a população tem nos atendido”, comentou o chefe da pasta.

Os trabalhos também não param no Complexo do Jandiá e Araxá, onde limpeza ocorre todos os dias. As terças-feiras, um grupo de trabalhadores faz a roçagem dos dois locais.

Além dos balneários localizados na capital, também recebem limpeza os das comunidades do Lontra da Pedreira, Abacate da Pedreira, Santo Antônio da Pedreira, Corre Água, São Joaquim do Pacuí, Santa Luzia do Pacuí, Tracajatuba, Carmo do Maruanum, Conceição do Maruanum e Areial do Matapi.

As secretarias municipais de Obras e Infraestrutura, Iluminação, Meio Ambiente e Mobilização e Participação Popular ainda atuam em uma força-tarefa de organização para o Macapá Verão, que movimenta o turismo, lazer e economia do município.

Ação orienta empreendedores sobre descarte irregular de lixo em canteiros, praças e vias de Macapá

Equipe da Zeladoria Urbana reforçou os dias e horários da coleta de resíduos na capital.

Por Bruno Monteiro - Secretaria Municipal de Comunicação Social

Ação de orientação de descarte irregular de lixo | Foto: Rogério Lameira/PMM

Donos de bares e restaurantes estão recebendo orientações de como descartar lixo de forma correta e não sujar canteiros, praças e vias públicas da cidade. Uma equipe da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana visitou estabelecimentos na noite de quarta-feira (8) e reforçou os dias e horários da coleta de resíduos em Macapá.

A ação percorreu empreendimentos na Praça Barão do Rio Branco, avenidas Iracema Carvão Nunes, Mendonça Furtado, General Gurjão, Diógenes Silva e Rua Santos Dumont. Foram encontrados acúmulo de lixo, especialmente em canteiros.

“Estamos passando nos bares, lanchonetes e restaurantes para conscientizar os empresários de que acondicionem de forma adequada o lixo. Vamos voltar em outra data para ver o resultado da ação. Esperamos não encontrar mais sacolas jogadas na rua. Acredito que com educação ambiental, começamos a mudar isso. Não queremos chegar ao extremo de notificar e multar ninguém”, declarou o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick.

Secretário municipal de Zeladoria, Jean Patrick, acompanhou a ação | Foto: Rogério Lameira/PMM

A iniciativa, que continua nesta quinta-feira (9), é uma ação conjunta entre as equipes de fiscalização da Zeladoria e da área de educação ambiental da empresa Recicle Soluções Ambientais, responsável pela coleta de lixo desde abril desse ano, na capital.

“Estamos fazendo uma abordagem educativa com os proprietários de bares, lanchonetes e restaurantes no sentido de orientá-los sobre descarte adequado de lixo, no horário correto do caminhão da coleta,. Estamos reforçando como embalar vidro quebrado e fazer a separação para coleta seletiva. Vamos também alertar para que não joguem o lixo nos canteiros, pois, além de ser inadequado, enfeia a cidade”, disse Wesley Santos, supervisor de educação ambiental da Recicle.

“A equipe chegou conosco e conversou numa boa sobre a coleta e o descarte do lixo. Foram muito gentis. Estou satisfeito com a coleta, e agradeço pelas orientações repassadas”, disse Luiz Vaiz, de 53 anos, proprietário de lanchonete na Praça Barão do Rio Branco.

A chef e dona de restaurante, Jeany Nunes, de 51 anos, também aprovou a iniciativa. “Achei excelente a vistoria, porque serve para organizar e disciplinar o despejo do lixo que os restaurantes, bares, lojas e outros estabelecimentos, fazem. Esse canteiro no meio da Avenida Iracema Carvão Nunes, por exemplo, é muito bonito, jardinado. E a equipe da Prefeitura está trabalhando para mantê-lo”, ressaltou.

Prefeitura de Macapá segue na limpeza de vias e espaços públicos da capital

Ruas, avenidas e praças estão recebendo os serviços de limpeza, roçagem, capina e remoção de lixo

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Limpeza obedece a um cronograma que contempla todos os bairros de Macapá | Fotos: Zeladoria Urbana

A Prefeitura de Macapá executa, de forma constante, os serviços de limpeza nas vias e espaços na capital e nesta quinta-feira (28), o serviço foi feito nas Rua Cereja e nas avenidas Jabuticaba, Morango, Pinhal e adjacências no bairro Brasil Novo, na zona norte.

As equipes também fizeram manutenção na Avenida Paulo do Espirito Santos, no perímetro com a Rua Marabaixo, no bairro Bairro Jardim 2. No Centro da cidade, o serviço foi na Orla do Santa Inês e Rua São José, nas praças Jesus de Nazaré e Floriano Peixoto. Além destes locais, o Canal do Beirol e o Cemitério São Francisco receberam limpeza.

A atividade obedece a um cronograma que contempla todos os bairros e em cada local, a equipe da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana, responsável pela atividade, promove a limpeza e remoção de material das ruas, avenidas, canteiros e praças, que é feita a partir da roçagem, capina manual e mecanizada, varrição e retirada de lixeiras.

“São vários grupos de trabalho atuando de diversas formas e o serviço que fazemos é para manter a cidade limpa e, com isso, minimizar esses problemas à população. Porém, pedimos aos munícipes que não joguem lixo na rua porque essa cooperação é fundamental para manutenção da limpeza pública do município”, diz o secretário de Zeladoria Urbana, Jean Patrick Farias.

Paralelo a isso, o órgão também faz a pintura de meio fio e postes, retirada de lixeiras viciadas e raspagem e poda de árvores.

Prefeitura de Macapá inicia limpeza e desobstrução do canal do bairro Perpétuo Socorro

Zeladoria Urbana estima que serão retiradas aproximadamente 2 toneladas de material do local.

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

O serviço será executado pela Zeladoria Urbana | Foto: Fiscalização/Zeladoria

A Prefeitura de Macapá iniciou nesta quinta-feira (27), os serviços de roçagem mecanizada, capina manual, remoção de lixeiras e retirada de entulhos e vegetação do leito das áreas de entorno do canal do bairro Perpétuo Socorro, na região central da capital. A ação integra o Plano de Contingência de Inverno do município e vem para minimizar os impactos dos pontos de transbordamento no período de chuvas.

Os trabalhos são executados pelas equipes da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana e devem ser concluídos até o dia 3 de fevereiro. O órgão estima que serão retiradas aproximadamente 2 toneladas de lixo do local.

Restos de animais, lixo doméstico, mato, carcaças e outros objetos jogados no local são os maiores causadores dos transbordamentos durante as fortes chuvas.

O titular da Zeladoria Urbana, Jean Patrick Farias, explica que a colaboração da população é fundamental da redução dos impactos das chuvas nas áreas suscetíveis a alagamentos, como a do Canal do Perpétuo Socorro.

“A Prefeitura tem conhecimento dos problemas que são ocasionados pela chuva. Mas precisamos da ajuda de todos, porque o lixo jogado nas ruas e calçadas é o principal responsável pelo entupimento das bocas de lobo, o que dificulta a passagem das águas. Com isso, muita gente acaba prejudicada com ruas e canais alagados”, reforça o gestor.

Denúncias
A população pode fazer a denunciar do descarte incorreto de lixo em vias públicas, nas bordas ou nos leitos dos canais, mato alto e formação de lixeiras, pelo número (96) 99970-1078.