CORONAVÍRUS: VISITAS MONITORADAS NO BIOPARQUE DA AMAZÔNIA CONTINUAM SUSPENSAS DURANTE PANDEMIA

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, por meio do Decreto nº 2.139/2020, que dispõe de prorrogações de medidas para o enfrentamento do novo Coronavírus na capital amapaense, assinou nesta terça-feira, 2 de junho, o decreto que estende por mais 30 dias a suspensão das visitas monitoradas e a presença do público em geral no Bioparque da Amazônia. A regra segue as recomendações do Ministério da Saúde para evitar aglomeração de pessoas.

O Bioparque está mantendo apenas o expediente interno administrativo necessário à manutenção do local. Segundo a administração, 10 funcionários foram afastados por pertencerem ao grupo de risco, mas trabalham de casa, e 39 seguem as atividades presenciais, 9 atuando no grupo de gestão, 14 nos serviços gerais em sistema de revezamento e 6 da segurança patrimonial.

O espaço tem cerca de 30 atrações voltadas para o lazer, prática de ecoesportes e estímulo à sustentabilidade e à produção científica. Tem uma área de 107 hectares e integra ecossistemas, animais e pessoas, em busca de desenvolvimento sustentável e inovação em pesquisa científica.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Mônica Silva
Assessora de comunicação