• Costurando Vidas
  • Portal de Informações sobre Corona Vírus em Macapá
  • Coações para auxilio no combate ao COVID-19

Habilitados do projeto “Costurando Vidas” assinam contratos para confecção de máscaras

Ligado . Publicado em Noticias

A Prefeitura de Macapá entra na fase final da assinatura dos contratos referentes ao edital “Costurando Vidas”. O processo de seleção habilitou 77 participantes. Para evitar aglomeração, seguindo a determinação do Decreto 2.006/2020, de combate ao Coronavírus, as assinaturas vêm sendo feitas por técnicos do Município no endereço de cada habilitado selecionado no projeto.

 

O projeto é destinado ao chamamento público de costureiras para a aquisição de 100 mil máscaras caseiras, que serão distribuídas à população em situação de vulnerabilidade social e econômica, e entre os servidores públicos das áreas administrativas dos órgãos municipais da administração direta e indireta. O edital foi realizado por meio de credenciamento, com inscrições no período de 28 a 30 de abril de 2020. Foram 300 inscritos, sendo 29 pessoas jurídicas e 271 pessoas físicas, onde habilitou 77 participantes.

 

As máscaras atenderão a demanda crescente da população e serão utilizadas para conter o avanço do novo Coronavírus. O “Costurando Vidas”, além de proteger as pessoas da contaminação da Covid-19, gerará emprego e renda para as costureiras e empreendedores. Será fixado o limite de produção de até 2 mil máscaras, para cada empreendedor.

 

“Estou muito gratificada de fazer parte desse projeto, porque é algo que nos ajudará. Também por saber que, por meio do nosso trabalho, muitas vidas serão salvas. Quando eu me escrevi, não achava que ia ser selecionada, mas logo no início eu disse: vou logo fazer as máscaras. Já comecei a trabalhar e, graças a Deus, fui selecionada. Para a gente, que trabalha com projetos sociais, é algo mais que gratificante, porque se cada um fizer a sua parte, poderemos ajudar muitas pessoas”, relatou Cleia Lúcia dos Santos Almeida, pastora e líder de uma associação beneficente no bairro Pedrinhas.

 

O número de profissionais credenciados poderá ser ampliado, caso haja necessidade. As máscaras deverão ser confeccionadas em tecido, seguindo as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os recursos destinados ao projeto, a partir deste edital de chamamento público, são estimados no valor de R$ 250 mil, oriundos do Fundo Municipal de Saúde (FMS). O valor máximo a ser pago por máscara é de até R$ 2,50.

 

Secretaria de Comunicação de Macapá

Kelly Pantoja

 

Assessora de comunicação

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers