Projetos buscam fortalecimento da cadeia produtiva do açaí em Macapá

Propostas prevêem micro-crédito aos pequenos negócios e selo de qualidade aos batedores de açaí.

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Inovação

Entre as propostas, Augusto Félix e Edinoelson Careca discutiram a realização do Festival do Açaí

Um encontro entre o titular da Secretaria Municipal do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Inovação (Semtradi), Augusto Félix, e o vereador Edinoelson Careca (PROS) discutiu os avanços, alternativas e as formas de organizar a produção do açaí na capital. A reunião aconteceu na terça-feira (25), na Câmara Municipal de Vereadores.

Na reunião, o secretário municipal e o parlamentar trataram de questões relacionadas a viabilidade de execução de um projeto de microcrédito voltado aos empreendedores da cadeia produtiva do açaí, que poderá ser executado por meio de uma parceria junto ao Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi).

Também foi discutido a proposta de promover capacitação para os batedores, a criação de um selo que ateste a qualidade do produto e a realização do Festival do Açaí, a fim de dar maior visibilidade a cadeia produtiva do produto.

“São propostas e projetos ainda em construção, mas estamos alinhando os detalhes e fomentando as ideias para que nossos empreendedores possam movimentar a cadeia produtiva com mais qualidade e maior rendimento”, disse o titular da Semtradi, Augusto Félix.

Autor da Lei Municipal nº 063/2021, que institui o 5 de setembro como o Dia Municipal do Açaí, Edinoelson Careca garantiu o suporte às solicitações feitas pela Semtradi e prometeu empenho e celeridade no processo de concretização das mesmas.

“Tudo o que foi discutido será tratado com propriedade e já vamos estudar as maneiras de avançar com as parcerias. Queremos diretrizes inovadoras, como a melhoria e incentivo da cadeia produtiva do açaí na capital”, destacou o parlamentar.

Serviço de Atenção Domiciliar da Prefeitura inicia testagem rápida em pacientes acamados

Equipes irão disponibilizar testagem a todos os pacientes acompanhados pelo serviço sendo, em média, quatro famílias por dia.

Por Ana Cleide Torres - Secretaria Municipal de Saúde

Profissionais do Serviço de Atenção Domiciliar em testagem

Iniciou nesta terça-feira (25) a testagem para identificação de infecção por coronavírus em pacientes atendidos pelas Equipes Multiprofissionais de Atendimento Domiciliar (Emad). Em função do aumento de casos da Covid-19 e de síndrome gripal na capital, as equipes estão fazendo exames nos pacientes acompanhados pelo serviço.

“Os pacientes e as demais pessoas da residência que testarem positivo receberão todas as orientações e atendimento da equipe de forma ágil, buscando impedir o agravamento do quadro”, diz o coordenador municipal do Serviço de Atenção Domiciliar, Carlos Bruno.

Durante a visita, os profissionais de saúde também orientam as famílias sobre os cuidados básicos para evitar a disseminação da Covid-19. A equipe também alerta a população na busca da vacinação.

“Parte das pessoas que apresentam agravamento da doença são aquelas que não tomaram nenhuma dose do imunizante contra a Covid-19 ou que não completaram o esquema vacinal. Por isso ressaltamos a importância de estar imunizado e manter a higienização das mãos e do espaço, além do uso de máscara”, completa o coordenador.

A cuidadora Lizandra Valeria da Silva destaca a importância de receber as equipes de saúde em residência, especialmente neste período.

“Minha avó teve um AVC isquêmico e com isso a locomoção até uma unidade de saúde ficou impossível. Através da Emad ela recebe todo o atendimento dentro de casa evitando transtornos”, comentou.

Atendimento do Emad
Para receber atendimentos de saúde em casa é necessário que as equipes do Estratégia Saúde da Família (ESF), Hospital, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) façam a solicitação da avaliação da equipe da Emad que atende a sua localidade.

Prefeitura segue com imunização para públicos infantil e adulto nesta quarta-feira (26)

Vacinas contra covid-19 serão disponibilizadas em Unidades básicas de saúde, drive-thru e shoppings.

Por - Secretaria Municipal de Comunicação Social

Crianças a partir de 9 anos sem comorbidades poderão se vacinar

Com a liberação das vacinas para o público infantil, a Prefeitura de Macapá reforça a importância da imunização para crianças de 9 a 11 anos fora do grupo de risco e 5 a 11 anos com comorbidades.

Além disso, a vacinação segue normalmente para o público adulto, sendo exigido o documento oficial com foto, comprovante de residência, carteira de vacina e apresentação do laudo médico para pessoas que tenham alguma enfermidade.

No caso das crianças, é fundamental que estejam acompanhadas de pais ou responsáveis para aplicação dos respectivos imunizantes. A vacina estará disponível em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Fazendinha, Coração, Padre Raul Matte, Leozildo, Pedrinhas, São Pedro, Rosa Moita, Raimundo Hozanan, Cidade Nova, Pacoval, Novo Horizonte, Brasil Novo, Curiaú e BR-210. Esses pontos funcionarão pela manhã, das 8h às 14h e no período da tarde, de 14h às 18h.

Lista de comorbidades para vacinação de crianças de 5 a 11 anos
Insuficiência cardíaca; cor-pulmonante e hipertensão pulmonar; cardiopatia hipertensiva; síndrome coronariana; valvopatias; miocardiopatias e pericardiopatias; doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosa; arritmias cardíacas; cardiopatias congênitas; próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; talassemia; síndrome de Down; autismo; diabetes mellitus; pneumopatias crônicas graves; hipertensão arterial; doença cerebrovascular; doença renal crônica; imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos); anemia falciforme; obesidade mórbida; cirrose hepática e HIV.

Público em geral
O imunizante continua disponível para adolescentes de 12 a 17 anos e o público geral acima dos 18 anos, ambos com e sem comorbidades. Também podem se vacinar pessoas acima de 60 anos, imunossuprimidos e profissionais de saúde.

Neste dia também será ofertada a segunda e terceira dose dos imunizantes Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac e a dose de reforço da Janssen.

Confira locais, horários e público:

Locais
Drive-thru Praça Floriano Peixoto
Drive-thru Zerão
Drive-thru Curiaú
Amapá Garden Shopping
Macapá Shopping
Villa Nova Shopping
Faculdade Estácio Famap
Faculdade Estácio Seama

Horário de funcionamento: Das 9h às 15h.

Público

1ª Dose
Para o público de 12 a 17 anos com Pfizer
Para o público em geral com 18 anos +

2ª Dose
De Pfizer para quem iniciou o ciclo vacinal há 21 dias
De Astrazeneca para quem iniciou o ciclo vacinal há 8 semanas
De CoronaVac para quem está no período de recebimento

3ª Dose
Para público em geral de 18 anos+
Para pessoas imunossuprimidas

Reforço Janssen
Para quem recebeu a 1ª dose da vacina Janssen.

Documentos
Para receber o imunizante, é necessário apresentar os originais e cópias de um documento oficial com foto, comprovante de residência, CPF e carteira de vacinação. Para pessoas com comorbidade, é necessário também o laudo que comprove a condição.

O público que receberá a 2ª dose deve apresentar a carteira de vacinação com indicação do recebimento da 1ª dose. Já as pessoas que receberão a 3ª dose do imunizante, deverão ter a indicação da 2ª dose da vacina.

Além do imunizante contra a Covid-19, os pontos também oferecem a vacina Tríplice Viral.

‘Agora o espaço está arejado e agradável’ diz moradora após retirada de lixeira viciada no Araxá

O espaço acumulava cerca de 3 toneladas de resíduos como garrafas de vidro e plástico, resto de obras, pedaços de eletrodomésticos e eletrônicos.

Por Mônica Silva - Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

“Era muito lixo e entulho e eu até evitava passar por aqui. Mas após a limpeza o espaço ficou arejado e agradável. Agora é possível transitar sem transtornos”, comenta dona Alcileila Trindade da Costa sobre a remoção de uma lixeira na 7ª Avenida do Araxá.

O mesmo problema é relatado pelo morador do bairro Perpétuo Socorro, Antonio Dias. Ele diz que devido a falta de conscientização de algumas pessoas, é comum ver a via pública sendo utilizada como local de descarte de lixo.

“Moro na avenida Hugo Alves Pinto e o local estava tomado por lixo e entulho. A Prefeitura está limpando, mas em alguns dias o local vai ficar cheio de mato, objetos e sacolas’, comenta o morador.

De acordo com o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick Farias, a órgão tem intensificado as fiscalizações em toda a cidade a fim de identificar lixeiras viciadas. As informações dão base para realização do serviços de remoção e além disso, o órgão também trabalha de forma educativa na orientação de como os moradores devem proceder ao visualizar o descarte irregular de lixo em via pública.

“Estamos nas ruas prestando os serviços de limpeza e manutenção diariamente. Ter a população como nossa aliada não fazendo o despejo de lixo nas vias, vai nos ajudar a manter a cidade sempre limpa”, ressalta o gestor.

Com a remoção destas duas lixeiras viciadas, a Zeladoria Urbana retirou mais de 7 toneladas de lixo depositado em via pública. Entre o material recolhido estão garrafas de vidro e plástico, restos de obras, pedaços de eletrodomésticos e eletrônicos, caroços de açaí e até pneus de carros. Todo lixo foi encaminhado para o aterro sanitário da capital.

Denúncias
A população pode enviar imagens e vídeos para o Disk Denúncia da Zeladoria Urbana, no número (96) 99970-1078. Ao fazer isso, a secretaria vai direcionar as equipes do Departamento de Fiscalização para identificação dos responsáveis.

Punição
De acordo com a Lei Complementar nº 054/2008, o descarte de lixo em via pública é proibido e pode gerar multa que varia de R$ 500,00 a R$ 2 mil. Conforme a gravidade, o infrator poderá ser conduzido à delegacia para responder por crime ambiental.

Prefeitura de Macapá apresenta medidas preventivas para o período chuvoso

As ações são relacionadas com limpeza da cidade e assistência às famílias em casos de alagamentos.

Por Laiza Mangas - Secretaria Municipal de Comunicação Social

Chefe da Defesa Civil Aldair dos Santos, Prefeito Dr. Furlan, e secretário Jean Patrick apresentando o plano / Fotos: Adevaldo Cunha

O prefeito de Macapá, Dr. Furlan, apresentou nesta terça-feira (25), o plano de medidas preventivas adotadas para o período chuvoso na capital. O planejamento contempla ações de limpeza da cidade, especialmente regiões críticas, como canais e áreas de ressaca, bem como o suporte às famílias em casos de alagamentos.

“Estamos trabalhando, desde o ano passado, a fim de amenizar os impactos ocasionados pelas chuvas em Macapá. Então, apresentar esse plano hoje significa, sobretudo, preocupação com esse período de inverno amazônico e, principalmente, transparência das ações que Prefeitura já vem realizando, como rotina de limpeza nos canais e áreas de ressaca”, destaca o prefeito Dr. Furlan.

As ações alinhadas estão em torno do monitoramento de áreas de riscos, limpeza de áreas de ressaca e desobstrução de canais, bueiros e galerias pluviais, implantação de atendimento pré-hospitalar de emergência em situação de desastre. Em casos de alagamentos, as famílias atendidas receberão apoio com alojamento e alimentação.

O plano de contingenciamento envolve diversas secretarias, entre elas, Obras e Infraestrutura, Zeladoria Urbana, Habitação e Ordenamento Urbano, Assistência Social, Saúde, Meio Ambiente e Educação. As ações serão realizadas em conjunto e cada pasta terá uma competência. As equipes serão acionadas sempre que ocorrer eventos, como alagamentos na cidade, ou quando o nível de precipitação pluviométrica atingir o limite – alta da maré do Rio Amazonas.

“As chuvas, conforme sua intensidade e duração podem comprometer a segurança e a incolumidade da população macapaense, provocando danos às propriedades ao meio ambiente, e as vidas existentes na área afetada. Por isso, montamos esse plano que nos guiará em caso de eventuais ocorrências”, esclarece o chefe de divisão da Defesa Civil Municipal, Aldair dos Santos.

Os técnicos e representantes envolvidos nas ações poderão ser acionados para compor a Sala de Cooperação, que ficará situada no prédio da prefeitura, ou em outro lugar considerado estratégico pelo coordenador das operações.

“Nós temos planejamento diário de limpeza na cidade, já retiramos grande quantidade de lixo dos canais e áreas de ressaca. Esse descarte inadequado contribui para os alagamentos, por isso, também peço contribuição da população para não jogar lixo nesses espaços”, finaliza o secretário da pasta, Jean Patrick Farias.

Covid-19: crianças a partir de 9 anos sem comorbidades poderão se vacinar nesta terça-feira (25); confira os demais grupos

O imunizante também está liberado para as crianças de 5 a 11 anos com comorbidade

A Prefeitura de Macapá segue na campanha de vacinação contra a Covid-19 de crianças e adultos e nesta terça-feira (25) as crianças de 9 a 11 anos sem comorbidades são o público-alvo da imunização. Além deles, a vacina também estará disponível para crianças de 5 a 11 anos com comorbidades.

Para publico infantil, a vacina estará disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Fazendinha, Coração, Padre Raul Matte, Leozildo, Pedrinhas, São Pedro, Rosa Moita, Raimundo Hozanan, Cidade Nova, Pacoval, Novo Horizonte, Brasil Novo, Curiaú e BR-210. Eles locais funcionarão das 8h às 12h e das 14h às 18h.

A vacinação está condicionada a apresentação de um documento oficial com foto, carteira de vacinação, comprovante de residência e para as crianças com comorbidade, laudo médico que comprove a sua condição.

Além disso, o menor deverá estar acompanhado dos pais ou responsáveis.

Lista de comorbidades para vacinação de crianças de 5 a 11 anos
Insuficiência cardíaca; cor-pulmonante e hipertensão pulmonar; cardiopatia hipertensiva; síndrome coronariana; valvopatias; miocardiopatias e pericardiopatias; doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosa; arritmias cardíacas; cardiopatias congênitas; próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; talassemia; síndrome de Down; autismo; diabetes mellitus; pneumopatias crônicas graves; hipertensão arterial; doença cerebrovascular; doença renal crônica; imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos); anemia falciforme; obesidade mórbida; cirrose hepática e HIV.

Público em geral
O imunizante continua disponível para adolescentes de 12 a 17 anos e o público geral acima dos 18 anos, ambos com e sem comorbidades. Também podem se vacinar pessoas acima de 60 anos, imunossuprimidos e profissionais de saúde.

Neste dia também será ofertada a segunda e terceira dose dos imunizantes Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac e a dose de reforço da Janssen.

Confira locais, horários e público:

Locais
Drive-thru Praça Floriano Peixoto
Drive-thru Zerão
Drive-thru Curiaú
Amapá Garden Shopping
Macapá Shopping
Villa Nova Shopping
Faculdade Estácio Famap
Faculdade Estácio Seama

Horário de funcionamento: Das 9h às 15h.

Público

1ª Dose
Para o público de 12 a 17 anos com Pfizer
Para o público em geral com 18 anos +

2ª Dose
De Pfizer para quem iniciou o ciclo vacinal há 21 dias
De Astrazeneca para quem iniciou o ciclo vacinal há 8 semanas
De CoronaVac para quem está no período de recebimento

3ª Dose

Para público em geral de 18 anos+
Para pessoas imunossuprimidas

Reforço Janssen
Para quem recebeu a 1ª dose da vacina Janssen.

Documentos
Para receber o imunizante, é necessário apresentar os originais e cópias de um documento oficial com foto, comprovante de residência, CPF e carteira de vacinação. Para pessoas com comorbidade, é necessário também o laudo que comprove a condição.

O público que receberá a 2ª dose deve apresentar a carteira de vacinação com indicação do recebimento da 1ª dose. Já as pessoas que receberão a 3ª dose do imunizante, deverão ter a indicação da 2ª dose da vacina.

Além do imunizante contra a Covid-19, os pontos também oferecem a vacina Tríplice Viral.

Gabinete, Progem e Finanças suspendem atendimento presencial

Pastas atenderão por agendamento devido ao aumento de casos positivos para covid-19.

Por Ivo Pantoja - Secretaria Municipal de Comunicação Social

A Prefeitura de Macapá comunica nesta segunda-feira (24), por meio da portaria nº 33/2022, a suspensão do atendimento externo presencial do Gabinete Civil, Procuradoria Geral do Município (PROGEM) e a Secretaria Municipal de Finanças (Semfi), em decorrência do aumento de casos positivos para covid-19 de seus respectivos servidores. Medida valerá do dia 24 a 28 de janeiro.

Os atendimentos serão feitos mediante agendamento no horário de 07h às 13h da tarde. A população que estiver interessada nos serviços pode entrar em contato pelos seguintes telefones:

Gabinete Civil
(96) 98802-1190
gabinete@macapa.ap.gov.br

PROGEM
(96) 99970-2348

SEMFI
(96) 98802-8908

Apenas a Central de Atendimento ao Contribuinte terá atendimento presencial de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h.

Prefeitura notifica estabelecimentos por descumprir decreto municipal

Foram 25 infrações, com notificações, advertências e apreensão. Ação foi coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente.

Por Ivo Pantoja - Secretaria Municipal de Comunicação Social

Durante os dias 21, 22 e 23 de janeiro, a Prefeitura de Macapá intensificou a fiscalização de estabelecimentos da noite e eventos sociais para o cumprimento do decreto municipal 237 de 2022, que dispõe sobre as medidas de contenção do novo coronavírus.

Os agentes da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) percorreram a cidade e, ao todo, foram visitados e orientados 35 ambientes comerciais. Destes, 4 precisaram ser fechados por desobediência às medidas sanitárias, além de 6 notificações, 9 advertências, 5 autos de infração e apenas uma apreensão.

Com o carnaval mais próximo, as secretarias mantêm fiscalizações em eventos socioculturais que não respeitarem o limite exigido no decreto, como taxas de ocupação, uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social. Vale ressaltar que shows e comemorações carnavalescas estão suspensos até o dia 31 de janeiro.

“Nossa vigilância é constante, de domingo a domingo, sempre em busca da conscientização dos empreendedores. Mas caso isso não ocorra, é importante que esses locais sejam notificados e em casos mais rígidos, fechados”, esclarece o secretário de meio ambiente, Marcelo Oliveira.

Comunicado: processo de pré-matrícula será reprogramado para terça-feira (25)

A mudança ocorreu devido instabilidade do servidor.

Por - Secretaria Municipal de Comunicação Social

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) comunica que o processo de pré-matrícula que estava previsto para iniciar nesta segunda-feira, será reprogramado para terça-feira (25), a partir das 14h.

A mudança se deu por instabilidade apresentada pelo servidor.

O problema está sendo resolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seed), responsável pela coordenação do processo de matrícula unificada.

Com isso, o cronograma de pré-matrícula sofreu alterações, ficando estabelecido de 25 a 27 janeiro. O período de confirmação de matrícula se manteve inalterado, de 25 de janeiro a 3 de fevereiro.

Para realizar o processo, acesse http://escolapublica.ap.gov.br .

Mais de 7 mil testes são realizados em 12h de ação contra Covid-19 em Macapá

No último sábado (22), a força-tarefa expandiu o diagnóstico da doença na capital. Ao todo, 7.129 testes antígenos foram utilizados durante a testagem em massa.

Por Aline Paiva - Secretaria Municipal de Comunicação Social

Ao todo, 7.129 testes antígenos foram realizados durante a testagem em massa / Foto: Rogério Lameira

Mais de 7 mil testes foram realizados durante a força-tarefa contra a Covid-19 em Macapá, segundo balanço divulgado pela Prefeitura de Macapá nesta segunda-feira (24), durante uma live. Os dados contabilizados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) apontam a grande adesão da população na busca pelo serviço de testagem e vacinação na capital.

Ao todo, 7.129 testes antígenos foram realizados durante a testagem em massa. Desses, 2.431 foram positivados, representando um percentual de 34% do público atendido na ação. A Prefeitura disponibilizou médicos para a assistência dos pacientes, atendendo 2.132 pessoas. A ação também foi direcionada para a vacinação com a administração de 937 doses dos imunizantes.

‘’Quero agradecer a todos os profissionais de saúde e também aos servidores das secretarias municipais envolvidas. Mais de 300 profissionais participaram. Em todas as capitais, a ação aconteceria das 8h às 16h. Mas, em Macapá, a duração foi de doze horas e meia, iniciando às 8h e finalizando às 20h30. Não deixamos de atender nenhuma pessoa. Fomos a capital da região norte que obteve o maior tempo de mobilização’’, destaca o prefeito de Macapá, Dr. Furlan

Força-tarefa
A ação de testagem em massa foi realizada em parceria com o Ministério da Saúde (MS). A Prefeitura também disponibilizou vacina à população. O objetivo era aumentar a cobertura vacinal e identificar possíveis casos de infecção pela Covid-19 na capital.

A testagem em massa foi direcionada para pessoas que apresentavam sintomas leves, com a oferta de teste de antígeno. O exame é feito a partir de uma amostra coletada pelo swab nasal e o resultado fica pronto em 15 minutos.

Já na vacinação, foram ofertadas a primeira, segunda e terceira dose dos imunizantes Astrazeneca, CoronaVac e Pfizer, além da dose de reforço da Janssen, para os aptos a se vacinarem. A mobilização integra as estratégias que a Prefeitura de Macapá vem promovendo no combate ao coronavírus na capital.

‘’Mesmo com o resultado de 2 mil testes positivos, a maioria dos casos é de assintomáticos. Então, reforçamos que a vacinação é muito importante para vencermos o coronavírus. A população precisa procurar os pontos de imunização. As campanhas continuam diariamente, com a oferta da primeira, segunda e terceira dose’’, pontua o subsecretário de Vigilância em Saúde, Kleverton Siqueira.

Estratégia
Devido ao avanço do vírus em todo o país, a gestão municipal adotou novas estratégias, como o aumento do número de unidades de saúde para o atendimento de pacientes sintomáticos respiratórios. De segunda a domingo, o Centro Covid Santa Inês e as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Marcelo Cândia e Marabaixo, funcionam 24h.

Vacinação
Outra medida de combate ao vírus é a vacinação. Macapá conta com 552.678 doses aplicadas desde o início da imunização no país, segundo os dados do Localiza Sus. Na capital, a ação de imunização atende crianças, adolescentes e o público em geral a partir de 18 anos.  Diariamente a Prefeitura divulga em seus canais oficiais os públicos, horários e locais de vacinação.