• Portal de Informações sobre Corona Vírus em Macapá
  • Coações para auxilio no combate ao COVID-19

Escolas de samba fazem ensaio técnico na Passarela no Meio do Mundo

Ligado . Publicado em Noticias

Para sacudir a alegria dos foliões dando aquele gosto de “Já é Carnaval”, começou neste domingo, 16, o ensaio técnico das escolas de samba de Macapá. Cinco agremiações passaram pela Rua Victa Mota Dias: Império da Zona Norte, Império do Povo, Embaixada de Samba Cidade de Macapá, Emissários da Cegonha e Solidariedade. Cada escola de samba teve no máximo 40 minutos para entrar na passarela do samba e simular muito do que será apresentado na pista nos dias 21 e 22 de fevereiro, quando ocorrerá o desfile oficial.

Segundo o prefeito de Macapá, Clécio Luís, o ensaio técnico é uma prévia de como será o desfile. “As escolas estão podendo fazer um bom ensaio para mostrar o seu melhor, e a prefeitura, por sua vez, como é a primeira vez realizadora do carnaval, também está podendo treinar para fazer um lindo espetáculo. Toda essa estrutura é da Liesap com a iniciativa privada, e coube a prefeitura, Governo do Estado e senador Davi investirem para fomentar essa economia criativa do carnaval, gerando emprego e renda”, concluiu.

 

Durante o ensaio foi possível verificar o recuo da bateria, a evolução das alas, coreografias e dos casais de mestre-sala e porta-bandeira, resguardando alguns segredos que serão mostrados apenas nos dias de desfile oficial. O ensaio também serviu para ajustar, principalmente, o carro de som e a bateria, com o sistema que está instalado na avenida. Os ritmistas realizaram um treino empolgante e tecnicamente, sem erros, prometendo um carnaval cheio de surpresas e muita diversão.

 

“Foram quatro anos sem carnaval. Esperei o dia de hoje muita ansiosa. Eu queria vir assistir à prévia do que as escolas prometem para o grande dia”, disse Maria Luiza Nunes. Já Olivia dos Santos falou que quase não acompanhava o carnaval em Macapá. Mas, desta vez, decidiu prestigiar até mesmo o ensaio técnico das escolas. Vim hoje e já comprei o meu ingresso para o dia 21”, finalizou.

 

João Paulo Silva levou a filha de 10 anos para acompanhar o ensaio. “Minha filha nunca participou das festas de carnaval. Hoje ela veio comigo para prestigiar esse evento e gostou bastante”, concluiu. “No ensaio técnico que a gente vê como a bateria está, a frequência que a bateria está fazendo. É a hora que começamos a conhecer a medida de cada alegoria, além de perceber a empolgação e o entusiasmo de cada componente, a coreografia da comissão de frente”, disse Lizete Jardim, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesap).

 

Para receber e proporcionar maior conforto ao público, uma estrutura de palco, tenda, banheiros químicos, praça de alimentação e sistema de segurança foi montada na Rua Victa Mota Dias. “Durante o espetáculo, as expectativas são as melhores possíveis. O público terá segurança e comodidade, trabalhamos com muito cuidado para que tudo esteja dentro do esperado”, disse Eduardo Todde, responsável pela estrutura do evento.

 

Confira a sequência do ensaio técnico desta segunda, 17:

 

• Unidos do Buritizal

• Boêmios do Laguinho

• Piratas Estilizados

• Maracatu da Favela

• Piratas da Batucada

 

Mônica Silva

Assessora de comunicação/PMM

 

Fotos: Max Renê

 

 

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers