Fiscais da Prefeitura de Macapá impedem aterro no canal do Beirol

Ligado . Publicado em Noticias

A Prefeitura de Macapá recebeu na tarde de terça-feira, 3, a denúncia de que pessoas estariam aterrando parte do canal do Beirol, localizado entre as avenidas Maria Rosa Tavares de Almeida e Francisco de Mendonça, zona sul da cidade. Uma equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur) foi até o local e constatou que um deck estava sendo construído, parte da margem do canal já estava aterrada e uma estrutura de madeira construída. 


“Quando os fiscais aproximaram-se observaram que parte do canal estava sendo aterrado. A pessoa que trabalhava na obra, ao avistar os fiscais, evadiu-se do local entrando em uma área de ponte. Nenhum morador das proximidades assumiu a responsabilidade pela obra”, relata o secretário municipal de Manutenção Urbanística, Manoel Bacelar. 
Uma equipe mecanizada da prefeitura recolheu todo material - cerca de duas carradas de aterro e várias peças de madeira que estavam montadas para sustentar a terra. Os fiscais também apreenderam um carrinho de mão, uma pá e uma enxada. A fiscalização da Semur irá monitorar diariamente todo entorno do canal. A multa para esse tipo de ação é de até R$ 2 mil, além de responder por crime ambiental.