Febre amarela: Semsa pede cautela à população

Escrito por Karla Marques Ligado . Publicado em Noticias

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) tem registrado nas últimas semanas um aumento significativo na procura pela vacina contra a febre amarela nas Unidades Básicas de Saúde da capital. Isso devido aos últimos noticiários sobre o registro da doença em cidades da região sul do país. Em Macapá, em 2016, nenhum caso da doença foi registrado, estando a capital fora da área de risco de surto da doença.

 

Segundo a coordenadora de Imunização de Macapá, Jorsette Cantuária, a vacinação contra a febre amarela em todo o Brasil segue o protocolo de imunização da Organização Nacional de Saúde, que estabelece regras e um público específico. “A população não precisa correr para as UBS’s, como está acontecendo. Não temos casos da doença no município. A vacina tem duração de 10 anos, e existe um público específico para ser vacinado. As pessoas precisam se atentar aos critérios e só então procurar a unidade se realmente for necessário”.

 

A imunização deve ser feita em crianças de 9 meses de vida até 4 anos 11 meses e 29 dias; pessoas a partir de 5 anos de idade, que nunca foram vacinadas ou que receberam a primeira dose até 4 anos 11 meses e 29 dias; idosos a partir de 60 anos; pessoas que residem ou que irão viajar (apresentar comprovante de viagem) para as regiões identificadas com casos da doença e aquelas pessoas que já ultrapassaram o prazo de dez anos da última dose (comprovada por meio do cartão de vacina).

 

Em Macapá, todas as UBS’s disponibilizam a vacina, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para ter acesso, pais ou responsáveis deverão apresentar no ato da vacinação um documento de identificação do responsável, o cartão da criança, e, em caso de adolescente, o cartão de vacinação do mesmo.

 

Karla Marques/Asscom Semsa

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers