Agentes de trânsito são capacitados para verificação de clonagem de veículos e documentação falsa

Escrito por Cássia Lima Ligado . Publicado em Noticias

Iniciou nesta segunda-feira, 11, o curso para agentes que atuam no trânsito de Macapá. Com duração de três dias, a capacitação é ministrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e busca qualificar esses profissionais para noções básicas de clonagem de veículos, documentos adulterados e perito de veículos furtados.

A qualificação é uma parceria da Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM) com a PRF e inclui também a participação de agentes da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) e Lei Seca. Ao todo, 20 agentes do grupamento de trânsito da GCMM participam da capacitação, que ocorre em dois turnos.

 

“Esse curso é uma grande oportunidade para esses profissionais, pois dá mais segurança no momento da autuação. Já temos um aumento de veículos clonados na cidade e o curso ajuda ainda mais no momento da averiguação dos dados dos motoristas”, frisou o subcomandante da Guarda, inspetor Deocival Camarão.

 

Além de nivelar os procedimentos, o curso tem a finalidade de organizar informações e diálogo entre os órgãos para a busca por veículos clonados, documentos adulterados e veículos furtados que estejam circulando na capital. “Percebemos um aumento dessas ocorrências no estado e sentimos a necessidade de nivelar essas informações. É comum aparecer veículos clonados e falsificados durantes as nossas fiscalizações. Agora, agiremos em conjunto para dar uma resposta mais objetiva à sociedade”, destacou o inspetor da PRF, Souza Almeida.

 

O Artigo 331 do Código Penal Brasileiro prevê o crime de “adulterar ou remarcar número de chassi ou qualquer sinal identificador de veículo automotor, de seu componente ou equipamento”. A pena é reclusão de três a seis anos e pagamento de multa. 

 

Cássia Lima

Assessor de comunicação/GCMM

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers