FAB & Folia resgata carnaval de blocos em uma das avenidas mais importantes de Macapá

Escrito por Cássia Lima Ligado . Publicado em Noticias

Muita diversão, com segurança, arrastou uma multidão para o desfile dos blocos de rua na Avenida FAB. O evento, organizado pela Liga Independente dos Blocos do Amapá (Liba), com o apoio da Prefeitura de Macapá, resgatou o tradicional desfile de blocos em uma das avenidas mais importantes da capital do estado.

O FAB & Folia – a festa do povo foi uma grande oportunidade de diversão, empreendedorismo e resgate da memória macapaense. A folia reuniu famílias inteiras, que elogiaram a programação. “Viemos prestigiar o evento e adoramos. Estamos mostrando aos nossos filhos o que vivemos no passado e está sendo muito descontraído e seguro. Com certeza, é uma programação que queremos que continue, é pura diversão para a família”, disse Alana Ferreira.

 

O evento iniciou às 16h, com a concentração dos blocos e do público. Passaram pela Avenida FAB sete blocos (Unidos do Pau Grande, Mancha Negra, Filhos da Mãe Luzia, Cabralzinho, Kubalança, Pica-pau, Rolará e Bafo da Onça). “Esse carnaval da FAB nunca era para ter saído daqui. É um evento gratuito que reúne ricos e dá a oportunidade aos mais pobres também se divertirem. Nosso bloco apoia o retorno e permanência dos desfiles para a Avenida FAB”, disse o folião Mauro Gemaque. 

 

Para o engenheiro e ex-prefeito de Macapá, Murilo Pinheiro, gestor da capital entre os anos de 1980 a 1985, a festa na FAB, a ocupação da Praça da Bandeira, é um verdadeiro resgate cultural. “Construímos e inauguramos essa praça para a ocupação do público. Me traz muita alegria de ver as famílias aqui. Eu me sinto maravilhado como cidadão. O sentimento que eu tenho é de uma obra que deu certo e, com a volta do desfile, a população valorizará ainda mais esse espaço”, frisou.

 

A festa do povo também foi uma oportunidade de negócios para os empreendedores ordenados no entorno do espaço. A exemplo disso é o ambulante Ricardo Gomes de Azevedo, que nos anos anteriores ficou com pouca renda no carnaval. “Como está sem desfile no sambódromo, a gente ia rodando pela cidade e isso diminuiu minha renda nesse período. Passei o dia no evento e vendi bastante. Aqui é uma oportunidade para todos”.

 

Segundo a Guarda Civil Municipal de Macapá, o evento não registrou nenhuma ocorrência grave. Ao todo, 7 mil foliões brincaram carnaval e prestigiaram a festa linda e colorida. “É muito bonito ver famílias inteiras se divertindo aqui, brincando, cantando e pulando. É uma festa linda para o povo feita com responsabilidade, segurança e planejamento”, destacou o prefeito de Macapá, Clécio Luís.

 

Cássia Lima

Assessora de comunicação/Fumcult

 

Fotos: Gabriel Flores