População em situação de rua participa de festa natalina no Centro-POP

Ligado . Publicado em Noticias

“Estamos nos reinserindo na sociedade e tentando resgatar os vínculos com a nossa família. O Centro-POP [Centro de Referência para a População de Rua] está sendo fundamental nessa nova etapa”, declarou o morador de rua durante a confraternização natalina feita nesta quarta-feira, 14, Edvan Natividade, 37 anos.

 

Os usuários do Centro-POP tiveram um dia bastante diferente com muita alegria, animação, amizade e solidariedade. A primeira atividade foi a higienização, seguido do café da manhã. Logo após eles assistiram a uma apresentação de balé do Ministério de Artes Flores de Maria, participaram de uma sessão de musicoterapia, cantata natalina, almoço, além de ganharem uma lembrança.

 

A festa teve como objetivo fazer a integração entre os usuários e proporcionar mais qualidade de vida aos mesmos. “É um dia especial. Temos paz aqui e pudemos extravasar todos os nossos sentimentos. Também tivemos a chance de tocar instrumentos e cantar, uma experiência marcante nas nossas vidas”, enfatizou Bernardo Silva, que é usuário do Centro-POP há três anos.

 

Para a coordenadora do Centro de Referência para a População de Rua, Heloísa Branch, é um momento de reascender a convivência diária. “Somos uma família. Passamos mais tempo aqui que em nossas casas. Realmente, o Centro-POP é a casa, o porto seguro dos nossos usuários. O objetivo dos técnicos da unidade é tentar reconstruir os vínculos familiares perdidos, acendendo a chama do amor e do carinho”.

 

“Toda a equipe de assistência social e alunos do curso de psicologia da Faculdade Estácio nos ajudaram nos serviços oferecidos nesta ação para que essa festa acontecesse. Sentimento de realização e dever cumprido”, contou a assistente social Maria Martins.

 

Sobre o Centro-POP

 

Funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, e fica situado na Avenida Aurino Borges de Oliveira, n° 388, bairro São Lázaro. Na unidade são oferecidos os encaminhamentos para a retirada de documentos e para inscrição nos programas sociais. O usuário ainda conta com espaço para higienização e oficinas de incentivo à autonomia pessoal e familiar. O Centro é gerenciado pela Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria de Assistência Social e do Trabalho (Semast).

 

Lilian Monteiro/Asscom Semast

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers