Barco da Leitura chega à comunidade de Ipixuna Miranda em sua primeira viagem pelo rio Amazonas

Escrito por Coordenadoria de Comunicação Ligado . Publicado em Noticias

O Barco da Leitura zarpou na noite de terça-feira, 18, em sua primeira viagem pelo rio Amazonas rumo às comunidades ribeirinhas. Assim que amanheceu o dia, a equipe da Divisão de Recursos Didáticos da Secretaria Municipal de Educação (Dired/Semed) foi recebida pela comunidade do Ipixuna Miranda.

“Este é um desafio para a nossa equipe, pois já desenvolvemos esse tipo de trabalho dentro das escolas. Agora, estamos expandindo para toda a sociedade, porque o processo da leitura deve ser incentivado em todas as esferas, principalmente a familiar. Estas comunidades de difícil acesso, por exemplo, nos deixam emocionadas com a receptividade à nossa equipe e ao projeto. Esperamos que o Barco da Leitura nos permita alcançar muitas pessoas”, destacou Samara Sampaio, chefe da Dired

 

Com atividades lúdicas voltadas para o ensino e incentivo à leitura, a criançada da Escola Estadual Prof.º João Maciel Amanajás se divertiu com o show do Tio Nescal (Fábio Sousa), a Boneca Leleka (Selma Naiara), projeto Vagalume, com Nazaré Lima, e música de Beto Oscar. O ponto alto da atividade foi a contação de histórias e o acesso aos livros, que, tanto as crianças quanto os adultos da comunidade, puderam ter acesso.

 

“É a primeira vez que recebemos esse tipo de atividade aqui na comunidade e isso nos emociona bastante. Quase nenhuma das crianças saiu daqui, não conhecem nada, nunca foram ao circo, ou ao cinema, não tiveram esse tipo de contato lúdico com os livros. O sorriso no rosto é lindo e nos incentiva a querer aprender mais e disseminar essas abordagens lúdicas no ensino”, conta a professora Kátia Regina Barreto.

 

Não só as crianças, mas os adultos também gargalharam e cantaram com a equipe pedagógica da Semed. Algumas crianças ficaram tão encantadas com os livros que queriam levar para casa. “Gostei, porque os livros são bonitos e as histórias parecem legais. Quero levar para minha casa para poder ler com minha mãe”, contou o Victor, 9 anos, que acabou ganhando o livro da equipe como um presente. 

 

O Barco da Leitura passará a seguir um cronograma de viagens para visitar as localidades mais distantes, levando não apenas programações lúdicas, mas diversos livros para as comunidades da zona rural e ribeirinha de Macapá.

 

Assessoria de Comunicação/Semed

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers