Centro POP cumpre seu papel com população em situação de rua de Macapá

Escrito por Lilian Monteiro Ligado . Publicado em Noticias

Desde que foi implementado, em 2014, pela Prefeitura de Macapá, para seguir de acordo com a norma que instituiu a Política Nacional para a População em Situação de Rua, o Centro de Referência e de Serviços Especializados (Centro POP) tem cumprido seu papel. Semanalmente, são ofertados cerca de 50 atendimentos a pessoas que utilizam as ruas como espaço de moradia ou sobrevivência.

O Centro tem a finalidade de assegurar atendimento e atividades direcionadas para o desenvolvimento de sociabilidade, na perspectiva de fortalecimento de vínculos interpessoais e/ou familiares que oportunizem a construção de novos projetos de vida. São ações de acolhimento, acompanhamento e articulação em rede. O atendimento funciona da seguinte forma: recepção, acolhida, serviços social e psicológico. Depois é feita a triagem de cada caso no Centro POP, que identifica a condição, o histórico de vida e suas demandas emergenciais, encaminhando-os aos serviços do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e ou às suas famílias, caso tenham referências familiares.

 

Em 2018, os usuários do Centro POP ganharam um novo espaço, que conta com mais de 10 ambientes. São salas de atendimento ao público, uma recepção, espaço para guarda de pertences, duas salas para atividades coletivas, sala para abordagem social, sala de reuniões, cozinha, refeitório, área de serviço, banheiros com chuveiros, biblioteca, pátio externo coberto e descoberto, horta. São mais de 10 funcionários, entre psicólogos, assistentes sociais, educadores, cozinheiro e serviços gerais.

 

“Realmente o Centro tem cumprido seu papel. Fui levado pela equipe técnica para visitar minha mãe no município de Mazagão, fui atrás dos meus documentos e também rever minha família. Fazia mais de dois anos que não me aproximava dos meus parentes. Acho que agora estou reconstruindo meus vínculos familiares. Estou na rua há sete anos, é uma luta árdua, mas, com a ajuda desse espaço, estou conseguindo. Da minha família, recebi incentivo para voltar a estudar, quem sabe agora ‘entrar na faculdade!?’ Nunca é tarde para recomeçar. Quero um emprego e já estou cinco meses sem usar droga alguma”, revela Gésce dos Santos, 33 anos, usuário do Centro POP.

 

Assim como Gésce, seu Élcio Ribeiro Furtado também está tendo uma segunda chance para recomeçar. Ele é natural de Belém (PA) e havia perdido o contato com a família há mais de 10 anos. Os familiares o tinham como morto. Foi aí que o destino de Élcio se cruzou com a gari Maria Olimpia, que trabalha na Praça da Bandeira e, por meio dele, soube de sua história. Maria foi peça fundamental para que Élcio reencontrasse sua família. Em uma viagem a Belém, ela procurou o endereço fornecido por ele e deu a boa notícia à família: seu Élcio está vivo e está em Macapá.

 

A notícia foi recebida com muito afeto e gratidão pela família. Seu Eron, irmão de seu Élcio, pegou o primeiro voo e desembarcou em Macapá. O reencontro foi marcado por lágrimas e abraços. “Eu tenho uma família, é maravilhoso recuperar os laços. Antes do reencontro com Eron, seu Élcio relatou que o Centro POP foi fundamental para que ele tivesse uma esperança e apoio para não desistir de lutar por dias melhores. Estou muito feliz! Sem os técnicos do Centro, não teria conseguido. Sem a Maria Olimpia também, que achou os meus parentes”, comemora.

 

Agora seu Élcio está nos últimos ajustes para voltar ao seu estado de origem. Seus poucos objetos irão com ele. Élcio deixará sua semente plantada nos corações da equipe e também na horta do Centro POP, no qual cuida com muito zelo. O Centro POP se tornou referência para a população em situação de rua. “Nosso equipamento faz o acolhimento e convencimento levando as políticas públicas desenvolvidas pelo Município. Nosso trabalho é fazer a triagem, a sensibilização e o acompanhamento dessa população”, explica a subsecretária municipal de Assistência Social e do Trabalho, Alexsandra Meguro.

 

“A gestão do prefeito Clécio executa um trabalho de excelência com a população em situação de rua. Temos 90 moradores referenciados, porém, 30 frequentam regularmente o espaço em dias alternados das atividades, que são higiene, oficina, capacitação, oração, encaminhamentos para emissão de documentos; Cadastro Único; Passe Livre Interestadual e Intermunicipal; e Benefício de Prestação Continuada: serviços na área da saúde”, enfatiza a subsecretária.

 

O Centro POP está localizado na Rua Cândido Mendes, nº 430, Centro, ao lado do Super Fácil; e funciona das 8h às 14h.

 

Lilian Monteiro

Assessora de comunicação/Semast

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers