Morador é autuado por despejo de água servida em via pública

Escrito por Cássia Lima Ligado . Publicado em Noticias

A Prefeitura de Macapá autuou um morador em R$ 2,5 mil nesta sexta-feira, 13, na zona norte da capital, por despejo irregular de água servida em via pública. O local do flagrante funciona num conjunto de apartamentos que já havia sido notificado uma vez, mas que não se adequou a legislação ambiental.

O despejo de água servida na rua prejudica não só a durabilidade do asfalto, mas os próprios moradores do entorno. “É um mau cheiro muito forte. O vento bate e é um odor horrível. Tem dias que fechamos a janela de casa porque é insuportável o fedor”, disse o seu Raimundo Gomes, que mora próximo do local.

 

A autuação ocorreu em uma residência localizada na Avenida das Oliveiras, no Morada das Palmeiras. O dono do imóvel foi autuado em R$ 1,5 mil pela Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur) e um mil reais pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Macapá (Semam). 

 

“Constatamos que, além da água servida da cozinha e da lavanderia, há um despejo de água de chuveiro em via pública tornando a situação mais grave para o meio ambiente a para a saúde dos vizinhos”, destacou o secretário de Manutenção Urbanística, Augusto Almeida.

 

O empreendedor Edigelson Andrade da Silva, residente da avenida, conta que os moradores já tinham tentado resolver o problema com o dono. “A gente já tinha reclamado, mas ele nunca ligou. Pela manhã é um odor mais forte. Quando chove piora. Eu vendo aqui e vejo a reclamação de clientes direto”, disse.

 

O morador foi autuado e recebeu o prazo de 15 dias para se adequar à legislação. Se caso a mudança não seja feita, a fiscalização pode aplicar uma multa grave e interditar o local junto com a Vigilância Sanitária.

 

Cássia Lima

Assessora de comunicação/Semur

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers