Equipes do Programa Viver Com a Chuva intensificam ações durante esta quinta-feira em Macapá

Escrito por Márcia Fonseca Ligado . Publicado em Noticias

Secretarias e coordenadorias municipais que integram o Programa Viver com a Chuva foram acionadas para intensificar as ações nos bairros atingidos pelas fortes chuvas que tiveram início nesta madrugada em Macapá. De acordo com a Defesa Civil Municipal, somente nesta quinta-feira, 12, foi registrado o índice de aproximadamente 120 mm de chuva.  Desde o início desta semana, um total de 200 mm, mais da metade do previsto para todo o mês de abril, que era de 380 mm.

Desde o mês de novembro do ano passado, equipes da prefeitura trabalham com a limpeza de canais, desobstrução de galerias e bueiros no objetivo de amenizar os transtornos com alagamentos e transbordamentos durante o período invernoso. “As chuvas intensas nos colocam em alerta, porém, é importante ressaltar que as ações iniciadas no ano passado permitem que pontos de transbordamento onde antes ficavam cerca de três dias e até uma semana inundados tenham vazão em menos de um dia. Além disso, o programa que está em execução visa resultados ainda melhores para o próximo ano”, explica o secretário municipal de Obras e Infraestrutura Urbana, Emílio Escobar.

 

Durante esta quinta-feira, 12, as ações de limpeza e drenagem feitas pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob) são executadas em toda extensão do canal do Jandiá, do Beirol e em pontos específicos como na Rua do Horto Municipal, no bairro Novo Horizonte. Trechos como o das vias Cora de Carvalho e Mendonça Furtado, no Centro, Silas Salgado, no Santa Rita e João Paulo, no Novo Horizonte, tiveram vazão imediata das águas após ações preventivas realizadas pela Semob. 

 

“Em alguns locais não temos soluções imediatas por se tratarem de áreas habitadas inadequadamente, como no caso do bairro Jardim América e da Bacia das Pedrinhas. Outros pontos recebem além da influência dos canais naturais, a contribuição de uma parte mínima da população que continua jogando lixo e impede a passagem das águas”, ressalta Emílio Escobar.

 

Outros trechos da cidade foram atendidos com a retirada de lixo realizada pela Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur). As ações se se concentraram nas ruas Leopoldo Machado com Piauí, Raimundo Álvares da Costa com Manuel Eudóxio, Marcílio Dias e Ana Nery. “Estamos desde cedo com as equipes fazendo esse trabalho de desobstrução de manilhas e canaletas na cidade. Encontramos muito lixo e entulho obstruindo a fluidez das águas”, diz o secretário de Manutenção Urbanística, Augusto Almeida.

 

Já a Secretaria de Assistência Social e do Trabalho (Semast), juntamente com a Defesa Civil, fez o monitoramento de famílias atingidas pelos alagamentos com visitas nos bairros Araxá, Marabaixo, Infraero e Novo Horizonte. No total, são registrados pelo Programa Viver Com a Chuva 60 pontos de alagamentos, sendo 28 na zona norte de Macapá e 32 na zona sul, onde devem ser feitas ações prioritárias. Além das secretarias já citadas, formam a equipe do programa as secretarias municipais do Gabinete do Prefeito (Secgabi), de Meio Ambiente (Semam), de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), de Coordenação das Subprefeituras (Secsub) e de Educação Semed (Semed), e Defesa Civil.

 

Márcia Fonseca

Assessora de comunicação/Semob

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers