Projeção Cultural: Festival da Juventude encerra programação com apresentações de teatro e dança

Escrito por Márcia Fonseca Ligado . Publicado em Noticias

Um público diversificado marcou presença no domingo, 3, na Praça Floriano Peixoto, durante o terceiro dia do Festival da Juventude, na programação da Projeção Cultural no Meio do Mundo. Espetáculos de teatro, circo e dança garantiram entretenimento e diversão de crianças, jovens e adultos. Dez atrações marcaram a programação: os espetáculos de teatro Feliz Cidade, Márcio Ayres, Palhaçada e Dança, Kayeb na Pegada da Cobra Grande; de circo com os Acrobatas; e de dança com a Troup Caprichoso Macapá, Amigos da Toada, e as companhias Graham, Maicon Rigor e Agesandro Rego.

Presente no cenário cultural amapaense desde 2008, o grupo teatral Hemisfério levou a apresentação de palhaços e garantiu a interação com o público. Para Wenner George, o artista local precisa participar de projetos culturais para construir a sua história e produção. “O artista busca reciprocidade do público e vimos hoje isso aqui. Sabemos que a cultura no âmbito geral está desvalorizada, mas, aqui no Amapá, a Prefeitura de Macapá nos dá oportunidades. Por isso, é importante que todos procurem participar, pois entendemos que todo artista deve melhorar o seu trabalho e a sua produção”, disse.

A dona de casa Janilde Ramos trouxe a filha para prestigiar a programação e disse estar muito feliz com o conteúdo cultural que está sendo apresentado. “Estou acompanhado a programação desde o primeiro dia. Fiquei sabendo do projeto e resolvi trazer a minha a filha para assistir. Nunca tinha visto nada assim, já ri tanto dos palhaços, é muito bonito”, expressou. A estudante Ane Ramos se sente motivada com as apresentações. “Acho muito legal. Quando vejo o teatro, a dança, sinto vontade de querer ser igual a eles também, eles transmitem muita alegria”.

Todo processo de escolha foi feita por meio de edital de credenciamento de artistas. Mais de 80 atrações marcarão a Projeção Cultural, que acontecerá até 9 de dezembro. Para a diretora artística e coreografa Cleide Façanha, da Graham Cia. de Dança, a implantação da política do edital na seleção de artistas garante a democratização do processo. “Essa é uma oportunidade incrível, ficamos muito felizes porque a prefeitura vem fomentando a política do edital, que é nova no estado. Isso é muito importante, e estamos incentivando os outros colegas para que se preparem para participar, porque é o que há de mais democrático no setor cultural para ter acesso aos recursos. Esse projeto só vem fortalecer nosso fazer e o transformar dos espaços públicos em locais de encontros culturais”, salientou.

O Projeção Cultural no Meio do Mundo é uma realização da Prefeitura de Macapá, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult), e acontece com recursos de emenda parlamentar da ex-deputada federal Dalva Figueiredo, proveniente do Ministério da Cultura.

Márcia Fonseca

 

Assessora de comunicação/Semob

 

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers