Prefeitura de Macapá e CGU iniciam projeto Um por Todos e Todos por Um nas escolas do município

Escrito por Rita Torrinha Ligado . Publicado em Noticias

Dezesseis escolas da rede municipal de ensino de Macapá iniciaram neste mês de agosto o projeto Um por Todos e Todos por Um – Pela Ética e Cidadania. A iniciativa é da Controladoria-Geral da União, em parceria com a Prefeitura de Macapá, e visa estimular, no ambiente escolar, a discussão de temas relacionados à participação social, democracia, respeito à diversidade, à ética e à cidadania.

 

Do corpo docente das escolas, 59 professores e 16 coordenadores estão sendo capacitados por meio do curso de formação em Educação a Distância - Ambiente Virtual. No total, 1.761 alunos, do 5º ano, irão receber informações para se tornarem agentes multiplicadores na sociedade.

 

Segundo Cynthia Ferreira, coordenadora do projeto na Secretaria Municipal de Educação (Semed), o passo inicial será dado na sala de aula e, com a sensibilização dos alunos. “No primeiro momento, os educadores irão construir o conhecimento de forma criativa, fornecendo informações. Serão explorados temas como autoestima, qualidade de vida, inclusão, meio ambiente, interesse público e bem comum, voluntariado e valores morais e éticos. Os alunos servirão como multiplicadores dessas informações para a família e à comunidade”.

 

A professora Silvana Silva, da Escola Municipal Raimunda Virgolino, no bairro Novo Horizonte, que participa do curso virtual, disse que, dessa forma, as crianças e os jovens serão preparados para cumprir seus deveres e cobrar seus direitos. “Seja de coisas simples da infância e adolescência, como um assunto escolar, a assuntos complexos como supervisionar os gastos da administração pública”.

 

Professores, coordenadores e alunos receberam kits com materiais didáticos disponibilizados pela CGU, que tem como coordenadores Adelton Neves e José Haroldo Filho. O material é composto por caderno de atividades, jogos, cartazes e histórias em quadrinhos com personagens da Turma da Mônica. Desde a sua primeira aplicação, em 2009, o programa já envolveu 400 mil alunos, 13 mil professores e 1.600 escolas de todo o país.

 

Em Macapá, participam do programa as escolas Amapá, Aracy Nascimento, Eunice das Chagas, Caetano Thomas, Cacilda Vasconcelos, Goiás, Hildemar Maia, Josafá Aires, Neusona, Odete Lopes, Raimundo Alencar, Rondônia, Jardim Felicidade, Eliana Flexa, Paraíso das Acácias e José Leoves.

 

Rita Torrinha

Assessora de comunicação/Semed

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers