Veículos reforçarão ações do Programa Municipal de Combate à Dengue

Ligado . Publicado em Noticias

Nesta segunda-feira, 3, a Prefeitura de Macapá recebeu do Ministério da Saúde (MS) veículos para uso exclusivo do Programa Municipal de Combate à Dengue. Os carros são fundamentais para a intensificação das ações de prevenção e controle do vetor, concentrando ainda mais esforços no combate ao Aedes, evitando assim a proliferação do mosquito.

 

Com os novos veículos, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) ampliará as ações para áreas que ainda são descobertas, refletindo diretamente na redução das doenças. “Nosso esforço para manter Macapá livre de epidemias de doenças causadas pelo Aedes está sendo reconhecido. O investimento que estamos recebendo otimiza e intensifica nossas ações”, disse a secretária municipal de Saúde, Silvana Vedovelli.

 

Além dos bons resultados apresentados pelo Município, foi determinante para a aquisição das caminhonetes a articulação de membros da bancada federal. “Fico muito feliz por ter contribuído para o recebimento desses veículos, que representam um ganho para a população e para os trabalhadores, que estão na ponta executando as atividades preventivas”, ressaltou o deputado federal André Abdon.

 

“Espero que o Município cuide desses veículos para que possam servir por muito tempo no trabalho de combate ao Aedes, contribuindo para que os índices em Macapá continuem satisfatórios, e o MS possa investir ainda mais”, comentou o representante do Ministério da Saúde, Jorge Sanches.

  

O senador Davi Alcolumbre, um dos articuladores para a vinda dos veículos, destacou que o ato só foi possível graças à boa avaliação que a gestão da saúde municipal tem diante ao MS. “Esse gesto tem tudo a ver com o que a prefeitura já fez, porque tem tratado com responsabilidade esse trabalho de controle das doenças causadas pelo mosquito e, principalmente, mantendo os índices satisfatórios. Isso estimula o Ministério da Saúde a investir mais no município”.

 

A Prefeitura de Macapá apresentou redução significativa de casos confirmados de dengue. No primeiro trimestre de 2016, foram confirmados 253. Já no primeiro trimestre deste ano, apenas 56. “A diminuição de casos de dengue, chikungunya e zica são visíveis. Mesmo quando Oiapoque estava em epidemia de chikungunya, conseguimos colocar uma barreira que manteve a capital com somente vinte casos confirmados. Essas pick-ups irão levar o trabalho dos nossos agentes a lugares mais remotos, garantindo uma cobertura maior no município”, destacou Clécio Luís.

 

Também estiveram presentes na cerimônia o deputado estadual Paulo Lemos e os vereadores Caetano Bentes, Rinaldo Martins e Grilo.

 

Jamile Moreira

Assessora de comunicação/Semsa

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers