• Costurando Vidas
  • Portal de Informações sobre Corona Vírus em Macapá
  • Coações para auxilio no combate ao COVID-19

Escola Hildemar Maia realiza Festival Estudantil de Trânsito

Ligado . Publicado em Noticias

 

O apelo por “Paz no Trânsito!” é ação constante nas escolas da rede municipal de ensino de Macapá, que se fortaleceu com a parceria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o desenvolvimento do Projeto Fetran nas escolas, o Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran) que envolve alunos, professores, direção, todos os funcionários, pais e a comunidade. Nesta quarta-feira, 29, foi a vez da Escola Hildemar Maia realizar seu festival, que contou com apresentações culturais, declamações de poesias e paródias, e exposição de trabalhos confeccionados ao longo do ano. As salas de aula transformaram-se em galerias para a mostra das obras da criançada e seus professores.

Fetran é um projeto da Polícia Rodoviária Federal, que tem a parceria da Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), sendo executado em 12 escolas da rede de ensino. Os policiais rodoviários estavam presentes e gostaram do que viram. “É muito rica a produção das escolas. É maravilhoso fazer parte desta grande família que está fazendo a diferença do agora e fará ainda mais no futuro”, declarou a coordenadora-geral do Fetran, Carmem Cunha, agente da PRF.

  

O secretário municipal de Educação, Paulo Mendes, visitou os espaços e se encantou com o que viu. “Os trabalhos são uma pequena demonstração do aprendizado pelo qual os alunos vêm desenvolvendo ao longo do projeto. A conscientização desses futuros motoristas é fundamental no processo de transformação do trânsito. O projeto em Macapá é só uma semente, mas é fruto de uma parceria fortalecida, que está dando certo”.

 

De acordo com o coordenador da PRF, Paulo Afonso, o Fetran Macapá é destaque nacional. “É um projeto para longo prazo. A gente desenvolve agora para colher em 15 anos, mas estamos transformando nossos alunos em cidadãos mirins. É um projeto sublime, que está salvando vidas, reduzindo acidentes no trânsito, movimentando as cidades, fazendo com que as crianças tenham voz e vez. O Fetran Macapá é referência para outros estados. Temos muitas experiências e relatos bons, por isso os diretores daqui sempre são convidados a participar de ações em outros estados”.

 

Neuraci dos Santos e Cley Bentes apresentaram, orgulhosos, a maquete produzida pela filha Flávia Eduarda, representando a Escola Hildemar Maia e seu entorno, com atenção especial às sinalizações das vias (as existentes e as que, para a pequena, seriam as ideais). Em casa, conta o pai, Flávia monitora as atitudes da família, pede mais prudência e respeito ao próximo e alerta o pai no trânsito, chamando atenção para qualquer vacilo, seja dele, como motorista, ou do pedestre.

 

Aos 10 anos de idade, Rafael Queiroz dá lição de boas atitudes. “A gente deve respeitar as leis de trânsito. Não beber, se for beber não dirigir, respeitar as sinalizações, o espaço dos pedestres. Os pedestres respeitar o espaço dos carros, atravessar a faixa com a mão levantada. Eu vou ser um ótimo motorista”. Entre tantos trabalhos bonitos, maquetes, cartazes, murais, projeção de um circuito de carros, placas de trânsito, murais de textos e redações, uma árvore com desenhos dos alunos, erguida no centro da sala do 1º ano, chamou atenção.

 

A professora Agne de Paula Muniz é a professora responsável pela obra de arte e ela conta que a inspiração veio da vontade de fazer o diferencial. “Temos muitos trabalhos das nossas crianças, desenhos, pinturas, rascunhos, queria expor tudo, mas de forma especial. Encontrei essa árvore na Praça Floriano Peixoto, que está sendo revitalizada, e vi que ela podia ganhar vida. Carreguei para a escola e transformamos numa árvore de boas atitudes no trânsito. A intenção é expressar o amadurecimento cidadão de nossas crianças, que são como árvores, crescem e frutificam de acordo com o que é dado a elas, e aqui eles estão aprendendo o respeito, a ter um olhar cidadão mais apurado, que possa mudar o futuro”.

 

Nesta quinta-feira, 30, o ciclo dos festivais encerra na Escola Curralinho. E em novembro acontece o encerramento do Fetran 2016, com uma grande apresentação envolvendo as 12 escolas participantes, no Teatro das Bacabeiras, onde haverá apresentações culturais, artísticas e exposição coletiva de tudo o que foi construído.

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers