Prefeito Clécio e senador Randolfe entregam Praça Veiga Cabral restaurada e com novos equipamentos culturais e de lazer

Ligado . Publicado em Noticias

No centro de Macapá uma grande festa saudou as famílias macapaenses e marcou a entrega da Praça Veiga Cabral totalmente reestruturada. O novo espaço de convivência social e lazer foi devolvido à população nesta sexta-feira, 23, pelo prefeito Clécio Luís e senador Randolfe Rodrigues, com a presença de autoridades, empreendedores e famílias amapaenses.

 

  

A programação contou com a participação da banda de música do 34º Batalhão de Infantaria e Selva Veiga Cabral e foi prestigiada pelo deputado estadual Paulo Lemos; vereadores Nelson Souza e Antonio Grilo; moradores pioneiros, como o ex-deputado estadual Jarbas Gato, o professor Carlos Nilson Costa, que projetou a Praça Veiga Cabral, e o jornalista Jota Ney; e representantes do Instituto Memorial Amapá. Durante a cerimônia, padre Ângelo Damarem abençoou a praça almejando que o local seja um ponto de encontro e diálogo entre as famílias amapaenses.

 

Clécio Luís mencionou que as praças são lugares públicos e de convívio social, e devem funcionar como extensão da história de um povo. Ele também agradeceu a postura do senador Randolfe em ajudar a resgatar a história e a autoridade dos amapaenses. “Precisamos resgatar e exaltar a nossa história, e é isso que a gestão tem feito desde o início. Que esses locais tenham importância histórica para as gerações futuras, que famílias e a juventude frequentem esses locais significativos com segurança e padronizados, e que em contrapartida a população possa zelar pelo espaço”.

 

O novo projeto contemplou a construção de novas calçadas, área de jogos para idosos, rampas de acesso a pessoas com deficiência, meio-fio, canteiros com arbustos, além de uma galeria de artes arquitetada em homenagem ao mestre Trokkal e a restauração da pedra fundamental e da estátua de Cabralzinho, símbolo histórico da praça. A obra custou R$ 422.617,14, faz parte do Programa Calha Norte e é resultado de emenda do senador Randolfe Rodrigues, com contrapartida da prefeitura, no valor de R$ 24.000,00.

 

O senador Randolfe Rodrigues destacou o valor histórico que a Veiga Cabral representa para Macapá. “Esta praça tem um significado histórico. Foi aqui, há 260 anos, que o povo viu a história da cidade se erguer. No dia 4 de fevereiro de 1758 foi levantado o Pelourinho, na presença do capitão general do Estado do Grão-Pará, Francisco Xavier de Mendonça Furtado, fundando a Vila de São José de Macapá. Ao longo desses anos, esse povo viu se constituir uma cidade em torno dessa praça, que leva o nome de Veiga Cabral em referência a Francisco Xavier da Veiga Cabral. Ele constituiu um dos momentos mais heróicos do povo desta terra. Parabéns à prefeitura pela boa execução dos recursos que destinamos e por proporcionar que o amapaense continue reconhecendo sua história e mantendo sua identidade”.

 

  

Para o vereador Nelson Souza, o equipamento público é um dos principais espaços de lazer da comunidade e a intervenção trouxe mais conforto e segurança aos frequentadores. “Esta é uma administração comprometida com as coisas de Macapá, cuja bandeira é trabalhar pelos moradores que mais precisam. Que a Praça Veiga Cabral volte a restabelecer a memória de nossa cidade”.

 

“Essa praça representa um simbolismo para o estado e a importância da execução e disponibilidade do recurso financeiro para beneficiar uma cidade que reúne 70% da população do Amapá, com equipamentos que cumpram, de fato, seu papel social”, enfatizou o deputado Paulo Lemos.

 

Memória viva

 

A Praça Veiga Cabral foi inaugurada como Praça São Sebastião, cenário para o lançamento da pedra fundamental da Igreja São José, em 1752. Foi a primeira praça da capital tucuju. Um pouco dessa história também faz parte da vida de seu Dorimar Marques Monteiro, que há 42 anos trabalha na esquina da Rua Cândido Mendes com a Avenida Presidente Vargas com a famosa banca de revista Dorimar. “Cheguei aqui em abril de 1974, era uma banca de alumínio, existia um parque de diversão e uma área onde os moradores jogavam pelada. Vi essa cidade crescer e se desenvolver”. 

 

Memória que também agrega a história do jornalista Jota Ney. “Esta praça é um dos monumentos mais antigos da cidade. Aqui se reuniram famílias tradicionais como a Zagury e Torrinha, que fizeram parte desse complexo. Vi grandes lojas se erguerem e constituírem o centro comercial, marcando gerações. A prefeitura está de parabéns, porque praças funcionam como o pulmão da cidade e são necessárias na vida do cidadão”.

UK betting sites, view full information www.gbetting.co.uk bookamkers